Pimentel diz estar ‘tranquilo’ sobre denúncias e considera episódio superado

Ministro Fernando Pimentel.

da Folha.com

O ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento e Indústria) disse nesta sexta-feira, em Buenos Aires, que está tranquilo com relação à s denúncias feitas contra ele sobre tráfico de influências.

Prefeito de Belo Horizonte até 2008, Pimentel tem sido alvo de reportagens que associam seus negócios como consultor, antes da campanha de 2010, a empresas ligadas à  prefeitura da cidade.

O ministro contou que, em reunião com a presidente Dilma Rousseff, ontem, havia dado as explicações necessárias e que considera o episódio “superado”. “Estou tranquilíssimo”, afirmou.

Disse, ainda, que se o Congresso o convocar para dar explicações, ele irá, pois considera uma obrigação de ministro.

Na quarta-feira, a base aliada conseguiu rejeitar um requerimento de convocação do ministro na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara.

Em mensagem publicada no seu site nesta sexta, Pimentel reafirma que exerceu o serviço de consultoria no período em que não ocupava cargo público, entre 2009 e 2010, e diz que forneceu à  imprensa todos os documentos que compravam a legalidade do negócio.

Segundo afirma, a empresa não manteve, nestes dois anos, qualquer contrato com os governos municipal, estadual ou federal e o seu faturamento líquido (descontado os impostos) foi de R$ 1,3 milhão.

“à‰ preciso cautela para que o jogo político não termine por contaminar o livre exercício de um direito. Para que esse direito não seja usado para atingir biografias respeitáveis”, diz Pimentel no texto.

Comentários encerrados.