Número de crianças sem-teto subiu 38% nos EUA

via portal Vermelho

Número de crianças norte-americanas desabrigadas aumentou com a crise / Foto: AFP

O número de crianças sem-teto nos Estados Unidos, que inclui aquelas que viviam em 2010 em uma residência precária (abrigo, automóvel, parque, edifício abandonado) subiu 38% em quatro anos e alcançou a cifra de 1,6 milhão, assegura uma associação especializada.

Segundo o “relatório 2010 sobre os jovens” do Centro Nacional das Famílias Sem-Teto, este flagelo afeta um em cada 45 crianças.

“Como era de se esperar, o risco de que uma criança fique sem lar aumentou com a crise econômica, apesar de o número de moradias ter aumentado em 15 mil unidades durante os últimos quatro anos”, diz o relatório. Uma em cada duas crianças sem-teto do país está em seis estados, entre eles Geórgia, Alabama (sudeste) e Califórnia (sudoeste).

Cerca de 42% destas crianças têm seis anos ou menos, e um terço delas dependem de mães solteiras que sofrem de doenças crônicas. Estas crianças passam fome, não vão à  escola, sofrem com estresse e doenças que comprometem seu futuro, completou o relatório.

Fonte: AFP

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Pensamento neoliberal? Acorda, rapaz! Os EUA, queiram a esquerda aceitar ou não, ironizar ou não(Lula ano passado rindo da desgraça alheia), são o país mais rico do planeta. 1,6 milhão de crianças em “dificuldade”? Garanto que nenhuma dessas crianças passa fome. Já num país latinoamericano governado há 9 anos pela esquerda, tem 40 milhões de famintos perambulando por aí. Tem mais de 90 milhões de analfabetos ou analfabetos funcionais. E nem venham afirmar que a culpa disso tudo foi da expropriação americana. A culpa é de gente beeeem brasileira, que dizia amar o país mas que sempre amou mesmo foram os próprios interesses, em especial o dinheiro de consultorias, de dinheiro desviado da saúde, de dinheiro da merenda escolar.

    • Acorda mané, estamos em 2011, não em 1900.

      Você não diz coisa com coisa, seus argumentos são fraquíssimos.

      Vá na livraria mais perto, compre e leia “A Privataria Tucana”

      Enfim, você não leu direito o meu comentário.

  2. A entrega do patrimônio público, dos serviços públicos de modo geral, e até a administração das entidades pública por empresas privadas , sempre se fará prejudicando sobremaneira os pobres, tirando destes e enriquecendo mais ainda os mais ricos. Esta é a essência do pensamento neoliberal. É impressionante como as pessoas que votam nos tucanos/pps/demos não percebem isto. Ou é dos poucos que ganham com isto, ou dos que ficam com as migalhas destes.