Justiça nega habeas corpus a Marcos Valério e ex-sócios

da Folha.com

O TJ (Tribunal de Justiça) da Bahia negou nesta terça-feira (6) pedido de liminar de habeas corpus do empresário Marcos Valério de Souza, preso na semana passada sob suspeita de participar de esquema de grilagem de terras no Estado.

Preso em Belo Horizonte durante operação da Polícia Civil baiana, ele é suspeito de usar escrituras falsas de imóveis como garantias de pagamento de dívidas cobradas na Justiça. Outras 15 pessoas foram presas.

Para o desembargador Jefferson Alves de Assis, da 2!ª Vara Criminal, a prisão de Valério é necessária para proteger as provas –registros públicos fundiários.

A Justiça indeferiu ainda pedidos de outros quatro presos na operação.

Marcos Valério permanece detido em Salvador. O advogado dele, Marcelo Leonardo, disse que ainda aguarda julgamento do colegiado da 2!ª Câmara Criminal. A decisão, porém, não deve ocorrer nesta semana.

Na sexta-feira, quando o empresário foi detido, a defesa afirmou que a prisão era irregular.

Comentários encerrados.