FHC se define como ‘careta’ e diz que relação com Lula é ‘histórica’

Fernando Henrique Cardoso.

da Folha/Uol

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso se definiu como “careta” ao comentar temas como a maconha e evitou criticar seus sucessores nesta sexta-feira (9) durante sabatina realizada pela Folha e pelo UOL. Ao se referir ao petista Luiz Inácio Lula da Silva, o tucano afirmou que a relação entre os dois é “muito antiga”, e por conta disso, histórica.

“Depois da redemocratização fomos os presidentes que mais ficamos no poder”, disse FHC. Contou ainda que fala constantemente com Lula, dialogam, divergem e que é normal que assim seja.

“à€s vezes ele me dá uma alfinetada, eu dou outra nele”, disse, de forma bem-humorada.

Sobre Dilma Rousseff, disse que a presidente foi “muito generosa” com ele em carta enviada em seus 80 anos, em que reconhece seu legado, mas disse que ela “não é ingênua” de confundir que a boa relação que estabeleceram vá impedir que ele critique os erros de seu governo.

O tom ameno com que tratou os sucessores, no entanto, não evitou criticas ao PT, partido que fez oposição nos seus oito anos de governo.

Ele afirmou que é injusto dizer que o PSDB não tem projeto para o país. Citou o fato de o projeto levado a cabo pelo PT ser o mesmo dos tucanos na economia, e fez críticas ao partido de Dilma.

“A diferença é que o PT, quando ocupa o governo, deturpa as instituições, ocupa tudo”, afirmou.

Abaixo outros temas abordados durante a sabatina:

ABORTO

“Não sou a favor que se faça aborto, mas sou contra a criminalização do aborto”, disse FHC durante a sabatina, assumindo posição semelhante a que defende no caso das drogas, defendendo a descriminalização, mas deixando claro que não faz apologia.

REFORMA POLàTICA

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso admitiu que errou quando governava por não ter apoiado uma reforma política. No entanto, segundo ele, a decisão foi deliberada.

“Se começasse por ela saberia que não sairia dela”, disse o tucano.

FHC defendeu ainda o voto distrital. “Alguma coisa temos que tentar.”

MENSALàƒO

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que o mensalão só se tornou um caso conhecido porque o presidente do PTB, Roberto Jefferson, “teatralizou” a denúncia do esquema.

O tucano afirmou que uma eventual saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o auge das denúncias seria prejudicial ao país.

NAMORO

Durante o encontro, FHC esquivou-se de comentar sobre o namoro com a funcionária do Instituto FHC, Patrícia Scarlat, 34. “Estou velho e ao mesmo tempo estou bem”, disse. “Não sou favorável a essa mania contemporânea de abrir o jogo”, completou.

Ao ser pressionado sobre o namoro, o tucano reclamou: “O problema é meu”.

FHC é viúvo da antropóloga Ruth Cardoso, morta em junho de 2008.

DROGAS

O ex-presidente voltou a defender a descriminalização do consumo de drogas, e, no caso da maconha, a legalização da venda da droga. “A guerra à s drogas já matou mais que a do Vietnã”, afirmou. Ele se definiu como “careta” ao comentar o assunto.

FHC disse que é preciso mudar o paradigma da discussão, hoje, segundo ele, centrada na repressão ao consumo.

“Olha o cigarro, hoje você tem essa foto [que ilustra danos à  saúde no fundo do pacote], combate o consumo e o consumo tem diminuído. Não pode fazer isso com a maconha. O governo não pode falar de maconha”, argumentou. “O usuário não pode ser posto na cadeia”, reiterou.

PRIVATARIA

Questionado sobre os relatos feitos por Amaury Ribeiro Júnior no livro “Privataria”, sobre a venda de estatais em seu governo, o ex-presidente desqualificou o jornalista. “O autor desse livro está sendo processado. Está na PF [Polícia Federal]. Até lá, quem está sob judice é ele”, disse.

FHC ainda defendeu Ricardo Sérgio, diretor do Banco do Brasil durante sua gestão, citado por Amaury no livro. “Eu não tenho nada que o desabone”, afirmou.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, ISSO SIM É UMA PIADA GOSTOSA DE LER. Agora o farol de alexandria é bem relacionado com o Lula, fala sério! só rindo mesmo, que piada boa sô! kkkkkkk

  2. FHC ensaia uma subida no muro… Panos muito mornos pra um tucano!!!

  3. REALMENTE JURANDIR, ELE REVELA QUE É O CARA DO PSDB, O CARA DE PAU QUE DILAPIDOU O ESTADO BRASILEIRO…
    HIPOCRISIA SEM LIMITES…. FEZ ESCOLA ,TANTO QUE A TURMA DO PT ESTÁ SEGUINDO SUA CARTILHA

  4. OLHA AI GENTE O CARA É CARETA, ISTO NÓS JA SABIAMOS, AGORA ÊLE REVELA QUE É O CARA. F.H.C. O CARA DO P.S.D.B.