Agência rebaixa nota de risco de sete bancos europeus e americanos

da BBC Brasil

A agência de classificação de risco Fitch rebaixou a nota de crédito de sete dos principais bancos europeus e americanos, citando os “crescentes desafios” do mercado financeiro.

A nota de longo prazo dos bancos Barclays, da Grã-Bretanha, e Crédit Suisse, da Suíça, caiu dois níveis e passou de AA- para A.

Já os americanos Bank of America, Citigroup e Goldman Sachs, o francês Paribas e o alemão Deutsche Bank tiveram a sua avaliação de longo prazo reduzida em um nível.

As mudanças “são resultado tanto de eventos econômicos como de uma miríade de mudanças no setor regulatório”, justificou a Fitch, terceira maior agência de classificação de risco.

A decisão vem um mês depois de as duas maiores agências, Standard & Poors e Moody’s, também reduzirem as notas do setor bancário a partir de uma revisão levando em conta as lições da crise financeira.

Comentários encerrados.