13 de dezembro de 2011
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mídia financista substitui oposição frágil e sem discurso, diz PCdoB

Mídia financista substitui oposição frágil e sem discurso, diz PCdoB

por Najla Passos, via Carta Maior

Com a oposição partidária frágil e sem discurso, a mídia, conservadora e porta-voz do capital financeiro, é, hoje, o principal inimigo do governo Dilma Rousseff, na avaliação do Comitê Central do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), o órgão máximo da legenda, que se reuniu neste fim de semana, em São Paulo.

O documento final que saiu do encontro ridiculariza a capacidade de a oposição partidária enfrentar o governo, que o PCdoB apoia. Mas revela temor com o poder da imprensa que, na avaliação dos comunistas, foi a responsável pelos dissabores políticos de Dilma neste primeiro ano de mandato, a queda de seis ministros – inclusive um do PCdoB, Orlando Silva, que deixou o Esporte suspeito de liderar um esquema de desvio verbas, via organizações não governamentais, para o partido.

Formado por 103 militantes históricos, o Comitê Central do PCdoB avaliou a natureza da crise econômica internacional e, apesar de considerá-la da maior gravidade, a considera uma grande oportunidade para o Brasil decolar. O país está com a oportunidade histórica nas mãos de superar seu subdesenvolvimento!, disse à  Carta Maior o secretário Nacional de Organização, Walter Sorrentino. Leia mais

13 de dezembro de 2011
por Esmael Morais
6 Comentários

A Privataria Tucana cai na Internet em formato “.pdf”

via portal Vermelho

O livro A Privataria Tucana, do jornalista Amaury Ribeiro Jr., já pode ser encontrado em formato PDF na Internet. à‰ uma boa opção para quem procura o livro e não o acha em nenhuma livraria, já que a primeira edição se esgotou na própria sexta-feira, 9 de dezembro, dia do lançamento.

O livro, que levou 12 anos para chegar à s livrarias, sintetiza a rapinagem promovida pela administração tucana no governo federal, com base em documentos, todos públicos. O formato PDF (Portable Document File) permite que se passe para o formato digital um documento, que pode ser lido pelo software Acrobat Reader, de distribuição gratuita.

O livro reportagem de Amaury esclarece em detalhes como os protagonistas da privataria tucana enriqueceram saqueando o país.

De um lado, no governo, vendendo o patrimônio público a preço de banana. Do outro, no mercado, comprando as empresas e garantindo vida mansa aos netos. Entre as duas pontas, os lavadores de dinheiro, suas conexões com a mídia e com o mundo político.

Pode ser acessado no blog Trabalho Sujo, no post “O PDF do Privataria Tucana”.

O jornalista Luiz Fernando Emediato, da Geração Editorial, que publicou o livro, afirmou que a primeira edição esgotou-se na própria sexta-feira, no seu lançamento. Todos os 30,5 mil exemplares foram vendidos.

Só nesta segunda-feira, vendemos 15,5 mil exemplares!, conta. A rede Saraiva pediu 6.500 exemplares, a Fnac, 4.000 e a Cultura, 5.000. Em consequência, aumenta Leia mais

13 de dezembro de 2011
por Esmael Morais
5 Comentários

Renata Bueno diz que CPI não é séria e que, por isso, não compareceu ao depoimento

por Ana Carolina Bendlin, via O Estado do Paraná

A vereadora Renata Bueno (PPS) não compareceu ao depoimento marcado para as 18h desta terça-feira na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) que investiga possíveis irregularidades cometidas pelo vereador João Claudio Derosso (PSDB) nos contratos de publicidade da Casa.

A parlamentar foi convocada pela CPI após ter declarado em público que existe uma máfia! que protege o presidente afastado da Casa.

Para justificar sua ausência, ela alega que a CPI não é séria!. Recebi uma convocação sem data, sem horário e sem local. Não quero fazer parte deste jogo, de um grupo que arquiva processos, como aconteceu no Conselho de à‰tica!, explica. Para a vereadora, a própria Comissão faria parte da máfia!.

Essa “máfia” que falo é o grupo que o protege, mesmo em meio a esses escândalos, o grupo que o blinda e que deu poder a ele durante esse tempo todo. Mesmo a CPI é uma “cortina de fumaça”!.

Leia mais

13 de dezembro de 2011
por admin
Comentários desativados em Sem consenso na Câmara, votação do novo Código Florestal deve ficar para 2012

Sem consenso na Câmara, votação do novo Código Florestal deve ficar para 2012

da Agência Brasil

Sem acordo sobre o texto do novo Código Florestal, deputados de várias legendas se reuniram hoje (13) na Câmara para debater o assunto. Há uma semana na Casa, ainda não há consenso sobre o nome do relator. Nas discussões de hoje (13), os parlamentares sinalizaram que o assunto só entrará na pauta da Câmara em 2012.

O novo Código Florestal retornou à  Câmara no último dia 6, depois de aprovado pelo Senado. A Câmara deverá analisar as alterações feitas pelos senadores, podendo, inclusive, suprimir as alterações e mandar para sanção presidencial o texto originalmente aprovado pelos deputados.

O deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) reiterou suas críticas ao texto do novo Código Florestal aprovado pelo Senado. Para o deputado, os produtores rurais terão de enfrentar altos custos! para regularizar suas propriedades e inscrevê-las no Cadastro Ambiental Rural (CAR). O que, segundo ele, torna impraticável! a aplicação da nova lei. Leia mais

13 de dezembro de 2011
por admin
5 Comentários

Entidades de classe cobram de Beto revisão do modelo de pedágio

do O Estado do Paraná

Presidentes das principais entidades representativas do setor produtivo paranaense se reuniram com o governador Beto Richa, no fim da tarde desta segunda-feira (12), no Palácio das Araucárias, para debater a questão do pedágio. Os empresários apresentaram levantamentos sobre o impacto econômico que os preços praticados nas estradas do Paraná causam sobre determinadas atividades e entregaram uma carta ao governador em que sugerem a revisão do modelo de concessão de rodovias adotado no Estado.

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, destacou a importância da união das entidades em torno do tema, que tem influência direta na competitividade do setor produtivo do Estado. Além da Fiep, estiveram representadas na reunião a Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio), Associação Comercial do Paraná (ACP), Federação e Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Paraná (Fetranspar) e Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap).

“O que defendemos junto ao governador é que o modelo de concessão adotado no passado pelo Paraná precisa de ajustes”, afirmou Campagnolo. Para o presidente da Fiep, a demora na realização de obras de duplicação de rodovias, previstas nos contratos originais de concessão, é uma prova da necessidade de mudanças no modelo. “O atraso dessas obras prejudica o desenvolvimento do interior do Estado”, disse. Leia mais

13 de dezembro de 2011
por Esmael Morais
11 Comentários

Deputado quer que Ministério Público peça ao STJ prisão do governador do DF por corrupção

da Agência Brasil

O deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR) protocolou hoje (13) na Procuradoria-Geral da República um pedido de investigação do governador do Distrito Federal (DF), Agnelo Queiroz e mais oito pessoas, entre elas os irmãos, um cunhado e a mãe do governante. Todos são suspeitos de enriquecimento ilícito e envolvimento em atos de corrupção.

Além da investigação, Francischini pede que seja decretada a prisão preventiva de Agnelo e Ailton Queiroz, irmão do governador, a quebra dos sigilos bancário e fiscal dos envolvidos e o bloqueio judicial dos bens dos denunciados.

Agnelo Queiroz é alvo de denúncias de participação em um esquema de desvio de verbas do Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte. A edição desta semana da revista Istoà‰ traz reportagem que levanta suspeitas de enriquecimento ilícito de Agnelo e parentes. O patrimônio da família, segundo a revista, cresceu mais de R$ 10 milhões em três anos, valor que seria incompatível com a renda do governador e dos parentes dele.

A representação de Francischini foi entregue ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel. Caberá a ele decidir se encaminha a denúncia e o pedido de prisão do governador ao Superior Tribunal de Justiça, corte responsável por julgar atos dos governadores.

Leia mais

13 de dezembro de 2011
por Esmael Morais
Comentários desativados em Brasil está na 11!ª posição com melhor estabilidade financeira

Brasil está na 11!ª posição com melhor estabilidade financeira

do Valor

O Brasil aparece em 11!ª posição com melhor estabilidade financeira entre 60 países no àndice de Desenvolvimento Financeiro, à  frente de todos os países da zona do euro, dos Estados Unidos e do Japão.

O índice, divulgado hoje pelo Fórum Mundial de Economia, leva em conta a estabilidade da moeda, do sistema bancário e o risco de crise da dívida soberana.

A Arábia Saudita lidera nesse item, seguida da Suíça e, de maneira surpreendente, a Tanzânia em terceiro lugar. No índice global, levando em conta 120 diferentes dados, Hong Kong pela primeira vez lidera o ranking, superando os EUA e o Reino Unido. Hong Kong se destaca por seu desempenho em IPOs (primeira oferta pública de ações, quando a empresa abre o capital) e seguros. Leia mais

13 de dezembro de 2011
por Esmael Morais
Comentários desativados em Em protesto pela redução da jornada, servidores da saúde dormem ao relento no PR

Em protesto pela redução da jornada, servidores da saúde dormem ao relento no PR

Servidores da saúde dormem em frente à SESA. Foto: Mirella Ferreira.

Funcionários da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), que lutam pela redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais, acharam um jeito inusitado de protestar contra a indiferença do governo Beto Richa (PSDB) para com a reivindicação: resolveram dormir ao relento, na rua da amargura.  ... 

Leia mais

13 de dezembro de 2011
por Esmael Morais
Comentários desativados em Decreto altera normas de transferência de recursos para ONGs

Decreto altera normas de transferência de recursos para ONGs

da Agência Brasil

A partir de 16 de janeiro de 2012, as instituições públicas, estaduais e municipais, e as entidades privadas sem fins lucrativos que buscam apoio financeiro do governo federal por meio de convênios, contratos de repasse ou termos de parceria, deverão estar obrigatoriamente cadastradas no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal (Siconv). A determinação está no Decreto 7.641, publicado hoje (13) no Diário Oficial da União.

O Siconv é um instrumento de controle das transferências voluntárias da União, criado para dar mais eficiência, agilidade e transparência ao processo de liberação de recursos para estados, municípios e organizações não governamentais (ONGs). Além de garantir controle preciso por parte dos ministérios e demais órgãos da estrutura do Poder Executivo Federal, o Siconv possibilita que qualquer cidadão possa acompanhar o andamento de um convênio e cobrar dos responsáveis o correto encaminhamento do processo.

Os órgãos que têm sistemas próprios de gestão de convênios, contratos de repasse ou termos de parceria devem integrar eletronicamente suas transferências ao Sinconv. Os procedimentos de liberação de recursos, acompanhamento e fiscalização, execução e prestação de contas devem ser realizados diretamente no sistema disponibilizado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Leia mais

13 de dezembro de 2011
por admin
3 Comentários

Petistas discutem alianças para as eleições de Curitiba

A corrente CNB !“ Construindo um Novo Brasil, o chamado campo majoritário do Partido dos Trabalhadores (PT), reunirá no próximo sábado, dia 17, seus integrantes, militantes e simpatizantes do diretório municipal de Curitiba para um grande encontro de encerramento do ano em torno das discussões a respeito das eleições municipais de 2012.

Já confirmaram presença os ministros Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Paulo Bernardo (Comunicações), o presidente da Itaipu Binacional, Jorge Samek, e o deputado federal à‚ngelo Vanhoni, relator do Plano Nacional de Educação !“ PNE no Congresso Nacional e pré-candidato à  prefeitura de Curitiba, além de outros parlamentares e lideranças, como o presidente do diretório estadual do PT-PR, deputado Enio Verri, o deputado estadual Toninho Wandscheer, o prefeito de Pinhais, maior município administrado pelo partido no estado, Luizão Goulart, os vereadores Jonny Stica e Pedro Paulo e o presidente da CUT-PR, Roni Barbosa.

A presidente do PT de Curitiba, Roseli Isidoro, avalia que o momento seja crucial para definir passos que norteiem a atuação da legenda no ano que vem. O Diretório Nacional aprovou o regulamento das prévias e encontros que acontecerão em 2012 e cujo calendário estabelece o prazo limite de 15 de janeiro para a apresentação de proposta de apoio a candidato a prefeito de outro partido e é isso que vamos debater!, informou Roseli.!Passado esse prazo, restará ao PT de Curitiba apenas o debate em torno da candidatura própria!, acrescentou. Leia mais

13 de dezembro de 2011
por admin
Comentários desativados em TSE julga governador de AL por distribuição de cabras

TSE julga governador de AL por distribuição de cabras

da Folha.com

Julgamento do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) marcado para acontecer nesta terça-feira pode levar à  cassação do governador de Alagoas, Teotônio Vilela (PSDB).

Ele é acusado de usar um programa para distribuir cabras e ovelhas a famílias carentes do sertão do Estado em troca de votos na eleição do ano passado, quando foi reeleito.

A ação foi proposta por seu adversário Ronaldo Lessa (PDT), derrotado em segundo turno pelo tucano.

No TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Alagoas o atual governador foi absolvido, mas Lessa recorreu ao TSE e conta com um parecer favorável do Ministério Público Eleitoral –documento que serve para ajudar o magistrado a decidir.

A vice-procuradora-geral Eleitoral, Sandra Cureau, diz que a distribuição dos animais foi irregular e configura prática Leia mais

13 de dezembro de 2011
por admin
Comentários desativados em “Faxina” extrapola ministérios e atinge PF, Receita e até a CGU

“Faxina” extrapola ministérios e atinge PF, Receita e até a CGU

da Agência Estado

O recorde de seis ministros demitidos por suposto envolvimento com malfeitos foi acompanhado por outro placar que também expõe a corrupção governamental. Em tempos de faxina no setor público, a Polícia Federal prendeu este ano 79 policiais em dez operações de combate ao crime organizado realizadas em todos os Estados. O número de prisões é quase cinco vezes maior que em 2010, quando foram detidos 17 policiais em três operações.

Além disso, segundo dados da Controladoria-Geral da União (CGU), órgão responsável pelo controle interno do governo, de janeiro a novembro deste ano 514 servidores federais foram expulsos da administração pública, um recorde para o mesmo período nos últimos oito anos.

Levantamento feito pelo ‘Estado’ nos principais órgãos de controle da União mostra que têm crescido tanto as prisões como as demissões de fiscais da lei, como auditores da Receita Federal, analistas da CGU e policiais em todos os níveis. Leia mais