Vereadores ouvem proprietário de empresa de publicidade em CPI

Via Gazeta do Povo

Os vereadores da Câmara de Curitiba vão ouvir o proprietário da Visão Publicidade, Adalberto Gelbecke Jr, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga as supostas irregularidades nos contratos de publicidade da Casa. Outro representante da empresa, Luiz Eduardo Gluck Turkiewicz, não compareceu à  sessão por motivos de saúde. A reunião começou à s 18h30, mas até as 19h10, nenhum questionamento havia sido feito para Gelbecke porque os vereadores estavam discutindo entre si.

A Visão Publicidade foi responsável pelo jornal supostamente fantasma! Câmara em Ação. A Câmara pagou, desde 2004, R$ 18,3 milhões pelo periódico mensal !“ que chegou a ter tiragem de 247 mil exemplares, segundo dados do Tribunal de Contas. Entretanto, desde o início dos escândalos, em julho, apenas um exemplar foi mostrado publicamente, o que levanta a suspeita de que ele não chegou a ser impresso ou, ao menos, que a tiragem foi menor do que a divulgada. Ao todo, a empresa geriu uma verba de R$ 26,8 milhões, desde 2006. A empresa já tinha contrato com a Câmara desde 2002.

Os dois representantes já haviam sido convocados a depor em outubro. Na época, Gelbecke faltou à  sessão sem justificativa. Já Turkiewicz justificou a ausência com um atestado médico. Ele passou por uma cirurgia e poderia ficar de repouso por até 60 dias. Os vereadores chegaram a ir ao hospital onde ele estava internado e constataram que as informações eram verdadeiras.

Comentários encerrados.