Servidores da Assembleia terão 400 “mangos” mensais para comer

por Elizabete Castro, via O Estado do Paraná

Um projeto de resolução aprovado nesta terça-feira, 1, pelos deputados estaduais instituiu o auxílio-alimentação para os servidores efetivos e comissionados da Assembleia Legislativa. O auxílio substitui o abono de Natal, que correspondia a três salários mínimos, extinto há poucos dias por ter sido considerado ilegal pela Procuradoria da Assembleia.

O valor que será repassado aos funcionários será de R$ 400 mensais, com revisão prevista a cada reajuste salarial. O projeto de resolução estabelece que o valor não poderá ser incorporado ao vencimento, aposentadoria, remuneração ou pensão.

Como se trata de um benefício classificado como indenizatório, os servidores em disponibilidade, em licença sem vencimentos ou que estejam cumprindo a pena de suspensão não terão direito ao auxílio.

A proposta prevê o pagamento do auxílio com data retroativa a 1!º de setembro. O 1!º secretário da Mesa Executiva, Plauto Miró Guimarães (DEM), explica que o auxílio-alimentação tem o objetivo de minimizar o impacto causado pelo fechamento do restaurante que funcionava dentro das dependências da Assembleia e da dificuldade da instalação de outro no local.

“à‰ uma forma de indenização, mesmo que parcial, em favor dos servidores, que estão sendo obrigados a fazer suas refeições fora de casa, já que o horário de almoço é limitado a apenas uma hora”, explica.

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. cadê ademocracia no brog?

  2. 400 reais da para comer caviar: vão ficar ricos”

  3. Tá certo este Parreira rs rs rs
    É, realmente tem servidor de todo tipo, ruim e bom, assim como tem médico, padre, mecânico, etc, bons e maus. Tá certo este Parreira

    Mas ele que não tente exagerar na dose. Escreva simples, que vai ser melhor entendido rs rs. Os termos que usou é dígno de risos: “…concluamos”, …crassa ignorância”, “..ogeriza” … Para com isto, deixa disto, Parreiras rs rs rs

    FALANDO SÉRIO:
    Mas agora, falando sério. O texto do publicado no blog passa ideia de que os deputados sacanearam os sevidores (ver título). Se pegar a texto vemos que foi um presente que os Deputados estão concecendo. 1) Se é retroativo a setembro, até dezembro, eles receberão 4 x 400,00 = 1,600,00. Só estes 4 meses já compensam os 3 salários minimos que será extinto; 2) Como o será o ano todo, nos 12 meses, ano que vem eles terão no lugar de 3 salários mínimos, os 4.800,00 que já foi citado pelo Pé Vermelho

  4. Esmael, os deputados aprovaram conceder um vale refeição de R$400 mensais, a todos os servidores da ativa. E “cortou” um abono de Natal de 3 salários minimos, dos aposentados, que recebiam desde 1971. São aproximadamente 300 aposentados, com 100, 94 e 90 anos de idade e uns 67 com mais de 80 anos de idade.Isso para mim, se cahama: “MALDADE”. Sylvio Sebastiani

  5. Esmael, os deputados da Assembléia Legislativa do Paraná, deram um vale refeição de R$400 reais por mês a todos os servidores da ativa e tiraram um abono de 3 salários minimos, no Natal, dos aposentados, perto de 300, que recebiam desde 1971. Tem aposentado, com 100, 94 e 90 anos de idade e aproximadamente 67 com mais de 80 anos.Isso se chama:MALDADE. Sylvio Sebastiani

  6. Esse beneficio será em dinheiro ou vale tick?
    Se for em dinheiro vai pro bolso dos chupa cabras de sempre.
    São capazes de ficar com parte dele e dar a migalha pro servidor.

  7. a maioria dos paranaenses merecem isso ai!! todos os deputados q estão lá, foram eleitos pelos paranaenses… logo ñ se pode fazer nada, é rir pra ñ chorar!

  8. O vale-refeição é um direito do trabalhador, tanto da área privada quanto da pública.

    Não sei por que tanta ojeriza pelo funcionário público, quando sabemos que lá no íntimo, os que os criticam são doidinhos prá pegar os seus empregos.

    Outra coisa que emphuthece é a tal generalização, mostra de crassa ignorância.

    Conheço bons e maus funcionários públicos, como conheço bons e maus padres ou pastores ou mecânicos, ou médicos, ou advogados, ou pedreiros.

    Funcionários relapsos, acomodados, desonestos, deseducados, existem em todos os segmentos, em todas as áreas.

    Não é porque um garçom me trata com desatenção, que vou esculhambar toda a categoria.

    Sensatez é, concluamos, uma virtude em extinção.

  9. Uai, cortaram o 13º dos servidores da ALEP???? Pelo que saiba, o 13º é o que todo trabalhador tem direito para Natal e Ano Novo.

    Sobre o Auxilio-Alimentação de 400,00, imagino que poucos recebem isto ou mais que isto de auxilio alimentação. E se comparado com servidores de outros poderes (executivo por ex), já estão no lucro, pois os demais não recebem auxilio alimentação. Sem falar que 400,00 multiplicados por 12 meses, dá um abono anual de 4.800,00. Quanto aos aposentados ou afastados, só falta eles quererem ganhar insalubridade e Vale Transporte pra ficar em casa rs rs rs rs

  10. fome zero na alep.