Petista reassume prefeitura de Campinas

da Agência Brasil

Prefeito Demétrio Vilagra (PT).

Demétrio Vilagra (PT) reassumiu hoje (4) a prefeitura de Campinas, após ficar 16 dias afastado do cargo. Ontem (3), o desembargador Rubens Rihl, do Tribunal de Justiça de São Paulo, determinou o retorno imediato do prefeito por considerar irregular seu afastamento temporário por 90 dias, decisão que havia sido aprovada pela Câmara Municipal em 19 de outubro.

Demétrio Vilagra é acusado de ter cometido irregularidades em contratos feitos entre a prefeitura e a Sociedade de Abastecimento de àgua e Saneamento de Campinas (Sanasa). Ele foi afastado até o encerramento dos trabalhos da Comissão Processante (CP), que apura as denúncias. Segundo a CP, sua ausência era necessária para que não atrapalhasse as investigações. O desembargador, porém, considerou que não houve nenhuma manobra do prefeito nesse sentido e determinou a recondução ao cargo.

Paralelamente a essa decisão, a CP continuará com seus trabalhos e, em reunião programada para hoje à  tarde, deve decidir se arquiva ou dá prosseguimento ao processo de cassação de Vilagra.

Segundo a assessoria da Câmara, os vereadores ainda estudam a possibilidade de entrar com recurso judicial contra a sentença anunciada ontem.

Pedro Serafim (PDT), que havia assumido interinamente a prefeitura, também reassumiu hoje a presidência da Câmara.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O problema de Campinas é praticamente intriga do PSDB, cujo partido nunca ganhou uma eleição aquí e jamais ganhará com esses metodos. Campinas é oposição total, daí o problema. Qual será o motivo do PSDB só encontrar problemas de desonestidade em outros paridos, o PSDB, também tem seus problemas, mas a imprensa esconde tudo isso. ´pE uma vegonha. Carlos

  2. Essa prefeitura de campinas, ta igual a couro de P…… COM O UMA ELASTICIDADE, FENOMENAL, vai e vem freneticamente.