MP diz que afastamento de Derosso evitará intimidação a testemunhas e descrédito da Câmara; veja o vídeo

Vídeo da RPC TV

O Ministério Público do Paraná (MP) pediu ontem o afastamento do presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador João Cláudio Derosso (PSDB), para que ele não intimide testemunhas e desacredite o poder legislativo.

A promotora Daniela Thomé disse que “várias irregularidades já foram constatadas pelo Tribunal de Contas”.

O MP bloqueou bens de Derosso no valor de R$ 6 milhões visando, em caso de condenação, ressarcir o erário.

O vereador do PSDB é acusado pelo MP de cometer irregularidades na contratação de empresas de publicidade.

Comentários encerrados.