MP diz que afastamento de Derosso evitará intimidação a testemunhas e descrédito da Câmara; veja o vídeo

Vídeo da RPC TV

O Ministério Público do Paraná (MP) pediu ontem o afastamento do presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador João Cláudio Derosso (PSDB), para que ele não intimide testemunhas e desacredite o poder legislativo.

A promotora Daniela Thomé disse que “várias irregularidades já foram constatadas pelo Tribunal de Contas”.

O MP bloqueou bens de Derosso no valor de R$ 6 milhões visando, em caso de condenação, ressarcir o erário.

O vereador do PSDB é acusado pelo MP de cometer irregularidades na contratação de empresas de publicidade.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. É enquanto a imprensa e esses partidos de direita mete o pau no governo federal, aqui no parana tudo acaba em pizza, se não fosse o ministerio publico.
    No municipio não vai acontecer nada com o Derosso, o filho do presidente da assembleia que acabou de se eleger prefeito esta sendo cassado e sem falar em muitas outras coisas.
    Esses governos municipal e estadual não são transparentes, só aumentam impostos taxas.
    Cade a imprensa pra falar sobre isso, e o PSDB DEM e etc, são os moralistas la em brasília e aqui empurram tudo pra debaixo do tapete quanta hipocresia.

  2. Esse e o geito TucaLerner de Governar, ai que saudade em de TU Requião,
    no teu governo as coisas eram mais transparente.
    Pasme, isso esta acontecendo na cidade mais ética, e ante petista do Brasil
    hoje compreendemos de onde saia a bufufa, a fazer lavage celebral do povo
    contra o PT,