João Capiberibe toma posse como senador pelo Amapá

da Folha.com

João Capiberibe (PSB-AP) foi empossado nesta terça-feira (29) como senador pelo Amapá.

A posse de Capiberibe ocorre mais de um ano após a sua eleição para o Senado. No Estado, ele, que é adversário do grupo do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), foi o segundo candidato mais votado.

Logo após as eleições, Capiberibe foi impedido de assumir a vaga por ter sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Em 2005, quando era senador, ele e sua mulher, Janete (PSB), que era deputada federal, perderam os mandatos após serem acusados de compra de votos. Eles sempre negaram as acusações.

Quando o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu este ano que a Ficha Limpa não valeria para as últimas eleições, Capiberibe e sua mulher –eleita deputada federal– procuraram o Judiciário para assumir os mandatos.

Janete, que foi a candidata à  deputada federal mais votada do Amapá, assumiu o mandato em julho deste ano. Já João Capiberibe teve a diplomação negada pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Estado em outubro, e só conseguiu ser diplomado por causa de uma decisão do STF do dia 3 de novembro.

Com a posse de Capiberibe, foram cancelados os diplomas de Gilvam Borges (PMDB) e de seu irmão Geovani Borges (PMDB), 1!° suplente que atualmente ocupa a vaga. Gilvam, o terceiro candidato mais votado no Amapá e adversário de Capiberibe, havia assumido a vaga após Capiberibe ter sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

Comentários encerrados.