Imagens mostram que vereador do PSDB sabia de fraude em seu mercado

via G1 PR/RPC TV

Mesmo negando conhecimento sobre o esquema fraudulento de saques no mercado de sua propriedade, o vereador Odilon Volkmann (PSDB) foi flagrado no estabelecimento no mesmo dia em que a ação foi registrada pelas câmeras ocultas da RPC TV. Na ocasião, ele ainda orientou o repórter, acreditando se tratar de um servidor da prefeitura de Curitiba.

Funcionários da prefeitura foram filmados utilizando os Cartões Qualidade para sacar dinheiro em lojas da cidade. O mercado de Volkmann cobra 10% de comissão pelo serviço ilegal prestado aos funcionários. Os cartões são usados para fazer compras com desconto em folha, em algumas lojas credenciadas. Segundo a Prefeitura, as negociações envolvendo empréstimos só podem ser feitas com o cartão em instituições financeiras devidamente credenciadas junto ao Banco Central.

Questionado pela reportagem, o vereador negou conhecer a fraude, mas informado que sua imagem estava registrada, o discurso mudou. Se existia uma gravação tudo bem, mas eu realmente não percebi que houve um ato ilícito nesse sentido!, afirmou.

Volkmann é suplente do Conselho de à‰tica da Câmara, que deve investigar o caso. Estou pedindo à  Corregedoria da Casa para que se posicione e envie ate ao Conselho a sua posição em relação a isso!, afirmou o presidente do Conselho, Francisco Garcez (PSDB).

Crime

De acordo com o delegado Jairo Estorilo, a situação pode ser enquadrada em vários tipos de crime. A princípio ele cometeu crime contar relação de consumo (…), também a questão da sonegação fiscal, sem dúvida, e provável que também tenha incidido em algum tipo de lei contra crime popular!. O Ministério Público abriu investigação sobre o caso na manhã desta quarta-feira (30).

Também nesta quarta, a prefeitura suspendeu as operações no estabelecimento de Volkmann. Estamos tomando todas as providências cabíveis para que esse estabelecimento seja descredenciado ainda hoje!, afirmou o Diretor de Administração Pessoal, Danilo Bazello. Uma sindicância deve ser aberta para avaliar a situação, e punir os responsáveis.

16 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Pois é … alem de Ranger, Maverick, triciclo e outros .. apartamentos de R$ 600.000.00 em Santa Catarina (3° E 4° andar) com certeza vem do salario que a sua esposa recebia, dos 10% de AGIOTAGEM cobrado nos cartões, e pior que ainda tem gente que acha que os errados são ou outros ele é o certo …mas com certeza o MP, a Policia Civil serão sim muito competente em relação as imagens que vimos… mas garanto que se ele sair a candidato não ira entrar novamente pois o POVO não seria tão ingenuo a esse ponto.
    No caso dos cartões tão culpado quanto ele é sim os que aceitavam, mas temos que relevar que alguns funcionários precisavam sim fazer a troca (a agiotagem) para poder ajudar no orçamento, mas de outro lado o “HOMEM DO POVO” tirava proveito da situação para se enriquecer a cada dia mais …MAS COMO FALEI TENHO CERTEZA QUE TODAS AS AUTORIDADES VÃO SER SIM MUITO JUSTAS COM O POVO …. A VÃO !!!!

  2. sou cliente do mercado a mais de 5 anos

    e as ofertas nao tem nada a ver com isso

    ele não forçava ninguen a nada .. isso ja ficou bem claro num depoimento de uma funcionaria publica …

    a e outra coisa esses carros ja vejo na mão dele muito antes de ele se elejer…

    e tem mais se ele candidatar e e minha familia vamos o apoiar

  3. Bunito hein seu Volkmann, e eu achando que a promoção da carne na quarta-feira era bondade sua, e na verdade é o ágio dos funcionários atolados da prefeitura…. A ranger tunada e o maverick também….

  4. Vagabundo, Picareta, Mentiroso esse Wolkman!

  5. será que o judiciário o mp ou quem quer que seja ira se levantar contra este esquema de 25 anos na PM/Camara etc de Curitiba????

  6. Ué, parece que tem propaganda do partido dele falando que é contra a corrupção?

  7. Essa prática, apesar de ilegal, é muito comum, principalmente nos mercados de bairros. O Wolkmann não é o único dono de mercado que utiliza desse expediente. O que o Derosso fez é trocentas vezes pior do que o que o Wolkmann fez, porém, o veredicto de um já é conhecido (pizza) e o outro, bagrinho na política, vocês verão: será cassado”¦ seus pares do PSDB até entregaram a relatoria a uma vereadora de oposição (Noêmia). E tenham certeza: os mesmos que se omitiram no caso Derosso serão os primeiros a votarem pela cassação do Wolkmann e ainda farão média pela moralidade da casa

  8. O povo é manso!!!

  9. Filmagem que denúncia os crimes, SEM CORTES:

    O Vereador orienta melhor horário para a ” AGIOTAGEM “…

    http://g1.globo.com/parana/noticia/2011/11/imagens-mostram-que-vereador-sabia-de-fraude-em-seu-mercado.html

  10. Todos são criminosos. Funcionários, Odilon, Prefeitura.
    Quanto a polícia e ao MP, nada vai ocorrer. Só estão brincando conosco. Curitiba é dominada pela máfia.
    O Garcez também não é flor que se cheire com seu jornaléco que mente defender a populkação mas é realmante um folhetim de propaganda dos mafiosos.

  11. ESSE É O ODILON HOMEM DO POVO……………

    SAFADÃO HEIN?

    PÉ NA BUNDA DELE JÁ.

  12. Mais uma picaretagem eu eu aqui dele graxa. Eta Curitiba da gente