Em sessão da Câmara, Lupi diz que ama Dilma e critica imprensa

Ministro Carlos Lupi.

da Folha.com

Após bronca dada pelo Planalto, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT), pediu desculpas públicas pelas declarações dadas no começo da semana de que só sairia do ministério “abatido a bala” e disse que ama a presidente Dilma Rousseff.

Lupi disse que foi ontem à  presidente pedir desculpas e se declarou: “Presidente Dilma, desculpe se fui agressivo, não foi minha intenção: eu te amo”.

“Eu reajo agindo, eu gosto de fazer o embate. à€s vezes exagero. Peço desculpas públicas porque tenho humildade para isso”, disse ao falar na comissão.

Lupi também aproveitou a presença na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados para criticar a imprensa.

“A bolsa de apostas da mídia é para saber quem é o próximo[ ministro a cair]. Quando começa a atirar no soldado é para atingir o general”.

O ministro comparou a crise que vive a um “tribunal de inquisição”.

“Que que é isso, Jesus? Busquem as provas pelo amor de Deus. Eu não compactuo com corrupção. Quero os dois na cadeia: se alguém fez algo no ministério do Trabalho foi individual”.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Esse vai ser tratado a pão de ló pela Presidente porque ele com certeza sabe de muitas coisas sigilosas não só deste Governo da Presidente Dilma mas muito mais ainda do Governo do Presidente Lula.

  2. Como é que uma múmia dessas chega a ser e se mantem ministro. Tenta arrumar o “só abatido a bala” com um “te amo Dilma” Se sou a Presidente demito por telefone, ou melhor, nem isso, mando a Gleise demitir……

  3. vamos ver depois que ele levar um belço pé na bunda, se morrerá de amores pela dilma.