Derosso pode pedir afastamento da presidência da Câmara de Curitiba ainda hoje

via O Estado do Paraná

João Cláudio Derosso (PSDB).

A bancada do PSDB na Câmara de Curitiba vai discutir nesta segunda-feira, após a sessão ordinária, a possibilidade de pedir o afastamento do vereador João Cláudio Derosso (PSDB) da presidência da Casa. A confirmação foi feita pelo líder do partido, vereador Emerson Prado.

Mas informações extraoficiais dão conta de que o próprio Derosso pode pedir ainda hoje o afastamento do cargo por 90 dias, em função da ação judicial por improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) na última quinta-feira (17).

Derosso foi denunciado pelo MP-PR por irregularidades na contratação de serviços de publicidade, cujos contratos ultrapassam a casa dos R$ 30 milhões. O presidente da Câmara há 14 anos teria favorecido a Oficina da Notícia, empresa da atual mulher dele, Cláudia Queiroz Guedes, que venceu a licitação. Além disso, a Oficina foi contratada quando Cláudia ainda era funcionária da Câmara.

Comentários encerrados.