Deputados governistas mantêm tarifaço de Beto Richa

* Erro de digitação não se confirma com nova tabela tucana

por Roger Pereira, via O Estado do Paraná

Deputado Ademar Traiano (PSDB). Foto: Denis Ferreira Neto.

A teoria do um zero a mais, defendida pelo líder do governo, Ademar Traiano (PSDB) para justificar um suposto erro de digitação que apresentou reajustes acima de 200% ás taxas do Detran caiu por terra nesta terça-feira, quando o próprio Traiano apresentou nova tabela alterando o reajuste de 15 taxas do projeto. Segundo Traiano, um erro do programa que calculou a tarifa apresentou reajuste de 500% ou 450% a taxas que deveriam ser aumentadas em 50% e 45%, por exemplo. Mas algumas das correções não foram apenas de retirada do zero.

A taxa para vistoria, por exemplo, que seria reajustada em 200% no projeto anterior, após a correção, será majorada em 115% e não em 20% como previa a explicação de Traiano. O mesmo acontece com a vistoria domiciliar, que antes seria majorada em 207% (nem podendo ter ocorrido erro de acréscimo de um zero) e, agora será reajustada em 45%. A taxa para serviço de remoção, que estava reajustada em 290%, não foi corrigida para 29%, como previa a teoria de Traiano, e sim, em 45%.

Com a correção, os maiores reajustes serão de 271,7%, para o registro da carteira de habilitação de estrangeiro, que passará de R$ 30,99 para R$ 115,20, e de 250% na alteração de características dos automóveis, que passará de R$ 24,76 para R$ 86,66. O projeto será votado ainda nesta tarde, em segunda e terceira discussão, pela Assembleia Legislativa.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Governo Beto: pirotecnia na mídia, arrocho no funcionalismo e tarifaço nos bobos da corte.

  2. Ta vendo eleitores do Beto Lerner o tamanho da bobagem que vcs fizeram? Isso é só o começo, podem aguardar que no decorrer do governo entreguista do PSDB virá coisas piores e absurdas.