CRISE NO GOVERNO: Cai o comandante da PM do Paraná

A MàƒO QUE AFAGA à‰ A MESMA QUE APEDREJA: Almeida César e Richa na cerimônia de posse de Scheremeta.

Conforme este blog havia divulgado ontem à  noite em primeira mão(Comandante-geral da PMPR na marca do pênalti), o coronel Marcos Teodoro Scheremeta deixará o cargo na tarde desta quinta-feira (24).

Scheremeta entrou em rota de colisão com o secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César, em duas ocasiões.

A primeira trombada ocorreu porque a Secretaria, sem o conhecimento do ex-comandante-geral, autorizou a abertura do Hospital Militar aos demais servidores públicos do estado.

A segunda batida de frente entre Almeida César e Scheremeta ocorreu nesta semana. De acordo com uma fonte do Palácio das Araucárias, o ex-comandante da PM havia se recusado a promover um tenente-coronel, a pedido do secretário, por meio de influência de um político.

Essa foi a primeira troca no alto escalão do governo Beto Richa (PSDB), que pretende realizar uma reforma no secretariado em janeiro próximo.

A mesma fonte palaciana que informou a possível queda de Scheremeta garante que o governador está à  procura de um novo titular para a Segurança Pública.

A preferência seria por um nome de peso nacional, de fora do estado. Sondagens já estariam sendo feitas a pedido de Richa.

Comentários encerrados.