Conferência do PCdoB reúne partidos de oposição a Ducci

Hoje pela manhã, em Curitiba, a conferência municipal do PCdoB foi palco de manifestação dos partidos de oposição ao prefeito Luciano Ducci (PSB).

Sentaram-se à  mesma mesa com o PCdoB representantes do PT, PPL, PDT, PMDB e PSC. O discurso girou em torno dos malfeitos na gestão do atual alcaide. Também sobraram ásperas críticas ao tarifaço do governador Beto Richa (PSDB), compadre e padrinho político de Ducci.

Em tom de unidade contra o adversário comum, no caso o prefeito do PSB, o ex-deputado Gustavo Fruet (PDT) e o ex-prefeito Rafael Greca (PMDB) destilaram a tese de que o atual modelo de governo municipal está com o prazo vencido.

A indústria da multa (radares da Consilux), coleta de lixo, metrô, contratos da prefeitura com Instituto Curitiba de Informática, CPI na Câmara Municipal, dentre outros temas, foram os alvos prediletos dos oposicionistas.

O deputado Ratinho Júnior, pré-candidato pelo PSC, não pôde comparecer ao evento dos comunistas porque está em viagem. Fez-se representar pelo presidente municipal da sigla, Antônio Borges dos Reis.

O vereador Pedro Paulo falou em nome do PT. Defendeu a unidade do campo de oposição ao prefeito Ducci, mesmo com várias candidaturas em 2012.

O PCdoB curitibano deverá confirmar na presidência a permanência do médico José Ferreira Lopes, o Dr. Zequinha. O encontro, que ainda corre nesta tarde, está sendo acompanhado pelo secretário nacional de Organização do partido, Walter Sorrentino.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. CADÊ O PV?