Código Florestal pode ser votado amanhã no Senado

da Folha.com

A reforma do Código Florestal deve ser votada nesta quarta-feira no plenário do Senado. Após uma reunião, líderes partidários chegaram um entendimento para permitir a análise do texto.

A oposição ameaçou não aceitar o acordo para a quebra dos prazos regimentais se o governo não sinalizasse sobre a votação da regulamentação da Emenda 29 –que trata dos gastos em saúde. Os oposicionistas, no entanto, recuaram após governistas sustentarem que se posicionarão na próxima terça-feira (6) sobre a saúde.

Em reunião no gabinete da presidência do Senado, os líderes receberam o parecer aprovado em quatro comissões da Casa. Os relatores Jorge Viana (PT-AC) e Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC) fizeram a defesa do texto.

Estremecido com os movimentos ambientalistas por conta do texto, Viana disse que a proposta não é dos seus sonhos, mas prevê a um enfrentamento necessário para a recuperação do passivo ambiental no país. Ele também disse não enxergar na proposta anistia tendo em vista que a consolidação das APPs (áreas de preservação permanente) exige recomposição.

Ele ainda comentou as negociações com o governo e disse que o Planalto não sai “nem vitorioso nem perdedor” dessas negociações.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), também reconheceu que a proposta não é de consenso, mas disse que concilia desejos de ambientalistas e ruralistas. “Eles fizeram a arte do possível. A política é a arte de harmonizar “, afirmou.

Comentários encerrados.