Centrais e movimentos sociais realizam amanhã ato contra juros

da Folha.com

As centrais sindicais e os movimentos sociais vão realizar nesta terça-feira (29), à s 10h, um ato em frente ao Banco Central, em São Paulo, reivindicando a queda na taxa básica de juros, que hoje está em 11,5%.

O protesto ocorre no mesmo dia em que membros do Copom (Comitê de Política Monetária) se reúnem para decidir sobre a manutenção ou mudança na Selic.

“Precisamos aumentar a produção, o consumo e o nível de emprego no País. Baixar os juros significa um passo nessa direção”, disse Paulo Pereira da Silva, o Paulinho (PDT-SP), presidente da Força Sindical.

Na semana passada, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o governo Dilma Rousseff está “fazendo a lição de casa da teoria de política monetária” para permitir novos cortes na taxa básica de juros.

Segundo Mantega, a redução da taxa de juros não “é um ato de vontade do governo, mas sim uma consequência de inflação controlada e de política fiscal rigorosa”. Esses dois condicionantes, afirmou Mantega, “estão ocorrendo”.

Comentários encerrados.