Caso Derosso: Entidade divulga “Nota de Aplauso” ao MP

Feltrin elogia o Ministério Público.

O presidente da Federação das Associações de Moradores de Curitiba (Femotiba), Edson Feltrin, divulgou nesta sexta-feira (18) uma “Nota de Aplauso” ao Ministério Público do Paraná, nas figuras dos promotores Danielle Gonçalves Thomé e Paulo Ovídio dos Santos Lima, pela iniciativa de solicitar o afastamento e bloqueio de bens de João Cláudio Derosso (PSDB), presidente da Câmara Municipal

“O MP fez o que os vereadores não fizeram, salvo algumas honrosas exceções”, observou Feltrin.

Leia a íntegra da “Nota de Aplauso” da Femotiba:

Aplausos ao Ministério Público

O Ministério Público do Paraná, através de seus representantes Danielle Gonçalves Thomé e Paulo Ovídio dos Santos Lima agiu com eficiência e, além de denunciar o vereador Derosso, sua esposa Cláudia Queiroz Guedes e funcionários da Câmara (membros da Comissão de Licitação) por crime de improbidade administrativa, requereu à  Justiça, o bloqueio de bens do administrador improbo (Derosso) para garantir o ressarcimento dos danos ao erário .

à‰ importante destacar o trabalho silencioso do Ministério Público que, com independência e amparado nas garantias da Constituição Federal de 1.988, que lhe concedeu autonomia para investigar, se colocou , neste caso, como legítimo defensor da sociedade e, fez o que os vereadores deveriam fazer, e não fizeram, (salvo algumas honrosas exceções). Em razão disso, merece nossa confiança e nossos aplausos.

Curitiba, 18 de novembro de 2.011

Edson Feltrin, é advogado e presidente da Femotiba

Comentários encerrados.