Beto Richa prometeu baixar o pedágio, mas… Veja o vídeo

O governador Beto Richa (PSDB) prometeu na campanha eleitoral de 2010 que baixaria o preço do pedágio no Paraná.

A promessa está registrada em vídeo que foi exibido no programa eleitoral do dia 29 de setembro do ano passado.

Na contramão do que falou na época, quando precisa dos votos, o tucano anunciou ontem um presente de Natal à s empresas pedagiadoras: as tarifas subirão 4,53% a partir do dia 1!º de dezembro.

A conta do aumento no pedágio, é claro, será paga pelo usuário das rodovias estaduais e federais concedidas.

Nos governos de Requião e Pessuti, ambos do PMDB, o Departamento de Estrada e Rodagem (DER) ficou proibido de ceder reajustes durante os 8 anos. Se houve aumento no período sempre ocorreu por decisão judicial.

O tão propalado mantra de que Richa seria um “homem do diálogo” — até agora — só tem prejudicado os paranaenses e privilegiado as corporações econômicas.

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Quando candidato a reeleição para a Prefeitura ele prometeu os semáforos inteligentes para desafogar um pouco o trânsito. Hoje nós vemos que foi mais uma promessa falsa deste Pinóquio. Muitas vezes ficamos esperando um sinal (ou sinaleiro, ou semáforo) abrir sem que um carro cruze na via transversal por muitos minutos. Mais uma…

  2. Depois reclama e fica psicologicamente afetado por levar pau da imprensa. Como é o nome da próxima governadora mesmo?????????

  3. Até na propaganda o Beto Lerner utiliza helicóptero, para as imagens.
    Ele disse que conversaria para baixar o pedágio e não para diminuir o aumento.
    Uma pena que ainda somos vítimas de promessas desesperadas e falsas em época de eleição.
    Se é um homem de palavra, ele deveria se explicar pelo que fez.

  4. o discurso para ganhar votos é um e para os empresários dos pedágios é outro completamente diferente.

  5. Este é o novo choque de gestão, para as empresas pequenas redução de ICMS, nunca vi, pelo contrário 250% de aumento no detran
    saúde, vem ai as privatizações em formato de OS

    SOCORRO

  6. Nao podemos culpar o Requião por nao dialogar com as empreiteiras, pois o mesmo estava defendendo o interesse do povo do Paraná, ao Contrário do Beto, que além de permitir (via diálogo) o aumento, não cobrou as duplicações inicialmente previstas. Quanto as estradas não pedagiadas estão em péssimo estado, não está havendo manutençoes das mesmas permitindo que se deteriorem para posterior privatização. Esse Beto está brincando de ser governador.

  7. EU BEM QUE AVISE!!!!!

  8. Só para lembrar vou citar um exemplo do aumento do pedágio nos anos anteriores….em 2008, as concessionárias conseguiram NA JUSTIÇA, aumento de 9,74%…..pois o Requião não aceitou conversar e negociar o valor.
    Hoje, o aumento é de 4 e poucos %, fruto do diálogo do BETO com as concessionárias…..O aumento é inevitável…..mas com diálogo fica bem MELHOR/MENOR.

  9. isso eu ja sabia.

  10. Diz o vídeo (a partir de 2,15″:

    “Confie no Beto para negociar e baixar o pedágio”.

    Tái um homem de palavra, neh?

  11. Ué?!
    O requião venceu as eleições enganando o povo com o mesmo assunto…e pior, que acabaria com o pedágio.. pena que ambos sabem da impossíbilidade de acabar e de muito menos abaixar os preços, pois o contrato foi muito bem elaborado, na época do Lerner…