Vereadora do PPS que chamou colegas de “gentalha” corre risco de cassação

A vereadora Renata Bueno (PPS), pré-candidata à  prefeitura de Curitiba, causou indignação nos colegas ao chamá-los de “gentalha”. A moça bateu pesado ao responder questionamentos sobre suas constantes viagens ao exterior.

Além de ameaçá-la com cassação do mandato, os ofendidos deram-lhe o troco apelidando-a de “Dona Florinda” — personagem do seriado mexicano Chaves.

A parlamentar também acusou seus pares de participarem da “máfia do Derosso”, referindo-se ao presidente da Câmara, vereador João Cláudio Derosso (PSDB), alvo de uma CPI devido a irregularidades em contratos de publicidade na Casa.

A filha do deputado federal Rubens Bueno não parou por aí. Ela chutou o balde ao dizer que “esse grupo de vereadores pertencente à  máfia Derosso não vão para as suas casas porque, provavelmente, nem as esposas deles suportam eles”.

Comentários encerrados.