Tucana Beti Pavin luta para anular inelegibilidade

por Elizabete Castro, via O Estado do Paraná

Beti Pavin.

A ex-deputada estadual Bete Pavin (PSDB) está esperando o julgamento de uma ação anulatória da reprovação de suas contas pela Câmara Municipal de Colombo, que tramita no Tribunal de Justiça do Paraná, para reverter a inelegibilidade declarada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Pré-candidata à  prefeitura de Colombo, Bete Pavin disse que irá provar na Justiça paranaense que não existe o fato gerador da sentença de inelegibilidade, as irregularidades em suas contas como prefeita do município referentes ao ano de 2001, apontadas em julgamento da Câmara. Segundo os ministros do TSE, a inelegibilidade de cinco anos de Izabete passou a contar a partir de 2009.

Ela disse que o julgamento da Câmara Municipal de Colombo foi político, já que suas contas haviam sido aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. “Dos treze vereadores, dez eram da oposição. Foi uma decisão de um tribunal político, que nós vamos derrubar no Tribunal de Justiça”, disse a ex-prefeita de Colombo.

A ação contra a ex-deputada foi protocolada pelo atual vereador e ex-candidato a deputado estadual Gilberto Taborda Ribas (PP), aceita pelo Ministério Público Eleitoral. Ela foi acusada, entre outras infrações, de realizar compras e contratar serviços sem licitação para a prefeitura de Colombo.

“Sem efeito”

A advogada da ex-deputada, Carla Karpstein, disse que a decisão não impede a participação na disputa pela prefeitura no próximo ano. “‘Não há efeito prático para ela na decisão do TSE já que a cada disputa corresponde um registro de candidatura”, comentou.

Karpstein explicou que a ação impugnava o registro para concorrer a deputada estadual e sobre a qual já houve uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral, liberando a candidatura à  época. “Ela não obteve o mandato e mudou de partido”, disse.

Pavin concorreu em 2010 pelo PMDB. Este ano, ela se transferiu para o PSDB, que a convidou para concorrer novamente à  prefeitura. Pavin foi prefeita de Colombo por dois mandatos.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Beti, voce sempre foi uma vencedora, segue em frente, seu amigo jfeio

  2. Bem estranho, perder por 7×0 e ainda achar que pode anular a decisão judicial.

    Espero que nenhum fantasma assombre e que se mantenha a decisão

  3. A BETI, MULHER HONRADA E TRABALHADORA, SEMPRE SE COLOCOU COMO DEFENSORA DOS MAIS POBRES, RECEBENDO A FAMA DE MELHOR PREFEITO QUE COLOMBO JÁ TEVE, NUNCA NINGUÉM FEZ PARA A POPULAÇÃO QUANTO ELA, E, ISSO FEZ COM TEVE UM NÚMERO ENORME DE VOTOS PARA DEPUTADA EM COLOMBO, MAIS DO QUE A SOMATÓRIA DE TODOS OS CANDIDATOS JUNTOS, FAZENDO COM QUE BETO RICHA A ADMIRASSE COMO MELHOR POLÍTICA DO MUNICIPIO E POR OUTRO LADO, DEIXOU ALGUÉM QUE NÃO É CAPAZ DE VENCÊ-LA NAS URNAS NO PRÓXIMO PLEITO, DECIDINDO ACAB AR COM A CANDIDATURA DELA. A BETI É HONESTA, TRABALHADORA E HONRADA, E, NÃO É QUALQUER VEREADORZINHO SEM TRABALHO QUE IRÁ DESFAZER TUDO O QUE FOI FEITO DE BOM POR ELA, PRINCIPALMENTE, DESSA FORMA.
    ¬ PESSOAL DA OPOSIÇÃO, QUANTO VOCÊS MAIS TENTAREM AGREDIR E CALUNIÁ-LA, MAIS FORTE ELA FICA.
    NINGUÉM TIRA O PRÓMIMO MANDATO DE PREFEITA, E, ELA MAIS DO QUE NINGÉM É MERECEDORA.

  4. estranho? mas ela ñ era do PMDB? ou então ela tucanou agora!