PT debate marco regulatório da mídia

via Agência O Globo

André Vargas.

O PT decidiu, em reunião da Executiva Nacional, que o partido vai realizar uma série de seminários pelo país para discutir o marco regulatório dos meios de comunicação. Com o discurso preventivo de que não se trata de controle de mídia ou de conteúdos, o secretário de Comunicação do PT, deputado André Vargas (PR), disse que o partido está apenas abrindo o debate com a sociedade: Abri!­!­mos uma discussão sobre o tema. Aqui no PT ninguém fala em controle de conteúdo, mas de liberdade de imprensa. Os meios de comunicação deveriam se interessar por esse debate!.

Questionado sobre o fato de o governo Dilma já ter dito que não tem interesse em tratar de qualquer tipo de regulação de mídia, Vargas afirmou: Queremos ter sintonia com o governo, mas nosso foco é a sociedade!.

O paranaense disse ainda que entre os temas dos seminários estão o monopólio dos meios de comunicação, fim da propriedade cruzada !“ em que uma mesma empresa possui diferentes veículos de co!­!­!­municação !“, direito de resposta, convergência de mídia, financiamento de mídia, e banda larga e internet.

Inclusive já é inconstitucional a propriedade cruzada. Temos que regulamentar. Mas nós sabemos que esse é um debate que vai durar anos!, afirmou Vargas.

Os seminários, segundo o PT, deverão envolver movimentos sociais e partidos. No início de setembro, durante o IV Congresso Nacional do PT, o partido discutiu, entre ou!­!­!­tros temas, a proposta de criar um marco regulatório da mídia. Diante da repercussão negativa e do desconforto da presidente Dilma Rousseff, a saída escolhida pelo partido foi fazer um apelo à  militância e à  bancada federal por uma mobilização da sociedade para que o governo encaminhe a proposta ao Con!­!­!­gresso e para que os parla!­!­!­men!­!­!­tares aprovem o marco.

Comentários encerrados.