PF atropela a Secretaria de Segurança do Paraná; veja o vídeo

A responsabilidade pela repressão de contravenções como o jogo do bicho é dos governos dos estados, certo? Errado. A Polícia Federal literalmente atropelou a Secretaria de Segurança Pública do Paraná, na última terça-feira (11), ao desencadear uma operação que levou à  prisão dois homens que exploravam apostas na capital.

Sem avisar antecipadamente o secretário Reinaldo de Almeida César, como seria o procedimento comum, agentes federais vindos de diversas cidades agiram sozinhos em Curitiba. A estratégia era evitar a utilização de policiais militares e civis no trabalho.

A operação especial, segundo especialistas em segurança pública, teve um componente de disputa entre a PF e Almeida César, que também é delegado e foi presidente da Associação de Delegados da Polícia Federal.

O entrevero com os federais teria origem numa suposta afirmação do secretário, ao governador Beto Richa (PSDB), de que ele [César] controlaria a PF.

O blog obteve informação neste sábado de que as investigações da Polícia Federal continuarão e o objetivo é chegar nos peixes graúdos!. A segunda fase da operação, de acordo com uma fonte na instituição, focará nas corregedorias das polícias civil e militar do Paraná.

Comments are closed.