Ministério do Esporte continua sob o comando do PCdoB

Waldemar de Souza.

Orlando Silva não é mais ministro do Esporte. Ele anunciou que se “afastou” do cargo para se defender dos ataques que recebeu nos últimos 12 dias.

O secretário-executivo Waldemar de Souza, também do PCdoB, assume interinamente a pasta até a presidenta Dilma escolher o novo titular.

As atribuições de organizar a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 continuarão sob comando do PCdoB, de acordo com o ministro “afastado”, que se reuniu com a equipe de assessores há poucos minutos.

“Saí do governo para defender a minha honra”, disse Orlando Silva, numa entrevista coletiva, dispensando carta para anunciar a decisão em conjunto com a presidenta Dilma Rousseff.

O presidente do PCdoB, Renato Rabelo, afirmou na mesma entrevista que o partido “mantém relação de grande identidade com o governo da presidenta Dilma”.

“O ministro Orlando é honesto. Nada foi provado do que o acusam. A montagem contra o ministro é um grande retrocesso”, ponderou o dirigente comunista.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Nem Chick Jeitoso e menos o PIG acertaram, os companheiros fritaram o ministro e salvaram os tubarões, assim caminha a politica brasileira e seus homens publicos

  2. Nem Chick Jeitoso acertou e menos o PIG, os cumpanheiros fritaram o ministro peixe pequeno e salvaram os tubarões. Assim caminha a politica brasileira e os seus homens públicos.