Ministério das Comunicações pode investigar censura a Dilma

Roseli Isidoro repudia censura.

A presidenta do PT de Curitiba, Roseli Isidoro, afirmou nesta sexta-feira (14), em entrevista na rádio CBN, que deverá pedir ao Ministério das Comunicações uma investigação sobre a censura à  presidenta Dilma Rousseff, que ontem teve o discurso trocado pelo desenho animado “Cocoricó” na TV Paraná Educativa (E-Paraná).

Dilma participou ontem de uma cerimônia para anunciar R$ 1,75 bilhão para construção da primeira etapa do metrô na capital paranaense.

Durante os discursos do prefeito Luciano Ducci (PSB) e do governador Beto Richa (PSDB) não houve interrupções na programação.

O PT curitibano divulgou hoje uma nota de repúdio na qual afirma que a censura tucana foi uma atitude “imatura e antidemocrática”.

O blog apurou que o secretário de Comunicação Eletrônica, Genildo Lins, do Ministério das Comunicações, recebeu dezenas de denúncias contra a censura à  presidenta. A pasta é a responsável pela liberação das concessões de rádio e televisão no país.

Comentários encerrados.