Ex-prefeito de Morretes troca o PMDB pelo PSDB

O ex-prefeito Helder Teofilo dos Santos assumiu o PSDB em Morretes.

Na contagem parcial das garrafas, o PMDB é um dos partidos que mais perdeu militantes e dirigentes no troca-troca partidário. No Paraná, a maioria preferiu migrar para o PSDB do governador Beto Richa (PSDB), como é o caso do ex-prefeito de Morretes, Helder Teofilo dos Santos.

O ex-peemedebista Helder assumiu a presidência do PSDB no município, que fica no Litoral do estado. Ele pretende disputar novamente a prefeitura local, que hoje é comandada pelo petista Amilton de Paula.

Em Curitiba, o PMDB perdeu muita gente boa para o PDT de Gustavo Fruet. O ex-presidente dos Consegs (Conselhos de Segurança), Junior Zarur, por exemplo, deixou o velho MDB de guerra para acompanhar o ex-deputado; os filhos do ex-governador Orlando Pessuti também abandonaram o barco peemedebista para ajudar o deputado Ratinho Júnior (PSC) chegar à  prefeitura da capital.

Alguns dirigentes atribuem a debandada de militantes e filiados do partido à  adesão da bancada estadual ao governo neoliberal de Beto Richa (PSDB).

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Boa Noite Sr ou Sra Assessoria de Comunicação do Gabinete do Prefeito,

    Acredito que tenham me interpretado de forma errada. No email abaixo em que faço minha singela observação, não falo em momento algum em reforma faraônica, e sim, algo que se pode resolver com água, sabão e boa vontade, ou seja, peço a limpeza no local.

    Deprimente ficar onde cachorros pulguentos e com sarna (fedorentos) se encontram sem ninguém tomar qualquer providencia. Pasmem a Viação Graciosa e a Lanchonete local não chamarem a saúde publica para resolver o problema.

    Limpeza Sr Prefeito e demais, nada mais que isso. É uma falta de respeito tremenda com os usuários.

    Me responda Sr ou Sra. Assessoria de Comunicação do Gabinete do Prefeito, quanto custará isso ?

    R: Água, sabão e boa vontade que é igual a Limpeza, higiene e respeito a quem necessita da Rodoviária da linda Morretes.

    Grande Abraço

    Lincoln Junior
    (41) 9126-7744

  2. Esse Pessuti so chegou onde chegou graças a Requião e agora vem essa turma defender o gordo que quer aposentadoria por desgovernar o Paraná nos nove meses que ficou de governador, vamos parar com isso e reconhecer que o PMDB é bem maior que Pessutis, Nereu Moura e outros que so se aproveitam da estrutura do partido para se elegerem.

  3. Mais um…Funcionário com pouco assiduidade no Governo Requião, passou sem se preocupar com o frequencia pelo Governo Pessuti, e agora cai nos braços do Governador Richa. O que pensar??? A prática mostra a conduta das pessoas. Se Gleise ganhar, por certo no Governo dela ele estará. É bom lembrar que ele no periodo REquião e Pessuti era funcionário comissionado. Quem sabe com a filiação ganha uma nova boquinha no atual governo.

  4. O PMDB está experimentando do próprio veneno… se esqueceram que nos últimos 8 anos muitos políticos de agruparam ao partido por interesses políticos? Agora estão saindo… e tomara que saia todo mundo. Aliás, que fique só o Req e sua comissão libertadora dos interesses do povo. VIVA A DEMOCRACIA.

  5. Lamentamos, mas no Pr é visível que o PMDB, e seus afiliados são usados como massa ou cabos eleitorais por uma única família que fizeram de seus afiliados cabos eleitorais, principalmente, na região metropolitana para buscarem voto para o sobrinho (dep.fed) e para o tio (senador).
    Os filhos do Pessuti e tantos outros, a exemplo do Júnior, estão acima destes “desmandos” e demonstram força e liberdade para tomar suas próprias decisões tomar seus rumos.

  6. Esmael,
    sou do Grupo do Pessuti, saí em solidariedade aos meninos Bruno e Moisés, meus amgos, meus irmãos, filhos dele e por acreditar que os interesses da nossa cidade estão acima dos interesses partidários, quero uma Curitiba melhor para todos e não acredito que no PMDB isso seja possível.
    Fiz minha vida dentro do PMDB, nasci e nunca fui de outro partido, 19 anos de filiação, presidente estadual do PMDB jovem por três vezes, vice presidente nacional, membro do diretório nacilonal, delegado nacional, delegado estadual e delegado municipal, porém hoje não vejo em Curitiba algo que possa ser feito pela direção do partido, que possa mudar as coisas.
    A entrega do PMDB ao governo do PSDB mostra que tudo que defendemos e combatemos durante nossa vida caiu por terra, por fisiologia pura e entreguismo. Acredito nas pessoas, acredito nas idéias, por isso fiz essa opção. Deixo no PMDB uma boa saudade, respeito e gratidão por tudo que conquistei através dele, devo ao PMDB a maior parte do que sou hoje, homens como o Pessuti e muitos outros me ensinaram muito e, embora hoje em outra trincheira, tenho a certeza de que é hora de recomeçar e ajudar a fazer de Curitiba e do Paraná um lugar ainda melhor para vivermos, temos grandes personagens para isso, independente de partidos, Senador Sergio Souza, Orlando Pessuti, Mnistra Gleisi, Gustavo Fruet e muitos outros que pensam como nós são pessoas que podem fazer diferente.
    Obrigado a todos,
    Júnior Zarur