Em União da Vitória, Gleisi Hoffmann acompanha autorização de restauração da BR-153

via Bem Paraná

Gleisi em União da Vitória.

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, estará em União da Vitória para acompanhar a assinatura da ordem de serviço para execução das obras de adequação e restauração da BR-153, entre o município e a divisa com Santa Catarina.

O ato, que acontece no Km 438,8 da rodovia, será conduzido pelo ministro dos Transportes, à s 11 horas deste sábado (22).

Conhecida como Transbrasiliana, a BR-153 é uma importante via de ligação entre as regiões Norte e Sul do país. O valor a ser investido será de quase R$ 200 milhões, numa extensão que compreende 75 km entre a divisa de Santa Catarina e do Paraná, e União da Vitória. Neste município, o sub-trecho ainda conecta a BR-153 com a BR-476, outra importante rodovia que também liga aquelas duas regiões brasileiras.

O projeto prevê restauração completa do pavimento, implantação de terceiras faixas, alargamento das dez pontes existentes, construção de viaduto, além de adequações e melhorias nas interseções, retornos, acessos, travessia urbana, sinalização, entre outras obras de grande porte.

Esse é um pleito antigo, uma necessidade grande para o Paraná. A obra trará segurança para os usuários da rodovia, promoverá o desenvolvimento da região e, sem dúvida, será um benefício não só para o Estado como ao país também. Fico muito feliz em ter contribuído com mais uma conquista para nosso Estado!, disse a ministra.

Também estarão presentes o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo; o diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Fraxe; o superintendente do DNIT no Paraná, José da Silva Tiago; e os prefeitos de União da Vitória, Carlos Alberto Jung, e de Caçador, Imar Rocha.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. ate que em fim quantas pessoas morerrão neste frigorifico por favor

  2. Será que vão gastar uma grana e depois dar pros amigos cobrarem pedágio?