Conselho de à‰tica tenta se entender sobre suspensão a Derosso

por Roger Pereira, via O Estado do Paraná

João Cláudio Derosso. Foto: Denis Ferreira Neto.

O Conselho de à‰tica da Câmara Municipal de Curitiba volta a se reunir no final da tarde desta segunda-feira para tentar chegar a um acordo sobre o parecer da comissão de inquérito (formada pro três dos integrantes do conselho) a respeito do relatório do vereador Jorge Yamawaki (PSDB), que pede a suspensão, por até 90 dias, do presidente da Casa, João Cláudio Derosso (PSDB) pelas irregularidades nos contratos de publicidade da Câmara.

Sem um prazo definido para a manifestação, após o recebimento da defesa por escrito, pelo encaminhamento do pedido de suspensão ao plenário ou seu arquivamento, a comissão de inquérito já está há 25 dias sem apresentar sua decisão ao Conselho. O impasse seria, agora, na definição do tempo de suspensão a ser imposta a Derosso.

Há duas semanas, em reunião do Conselho, os vereadores estipularam verbalmente, a última quinta-feira, dia 13, como prazo para a definição, mas dois dos integrantes da comissão de inquérito (Dirceu Moreira !“ PSL e Valdemir Soares !“ PRB) não cumpriram o prazo. Assim uma nova reunião foi marcada para esta segunda-feira para tentar solucionar o impasse.

Aliados de Derosso na Câmara, Dirceu e Valdemir tentam, ao menos, diminuir o tempo de suspensão do presidente, uma vez que o relatório prevê pena punição de até 90 dias, mas não estipulou nenhum período e, pelo entendimento dos mesmos, cabe a essa comissão definir.

Eles tentam convencer a vereadora Noêmia Rocha (PMDB) a apresentar um projeto de resolução determinando a suspensão por 30 ou, no máximo, 60 dias a Derosso. Noêmia se diz irredutível.

Meu voto não era nem esse por suspensão, era pela cassação do mandato. Não posso, agora, querer diminuir a pena, seria incoerente!, disse, mesmo reconhecendo que é minoria. Eles que votem do jeito deles e eu voto em separado, então. Daí eles vencem por 2 a 1!, comentou.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. o caso derosso e ja superado; nossa jusitça ja tucanou tambem.a corrupção tucano e o lazer da midia marron. os tucanos corruptos são intocaveis ,a justiça não chega contra os tucanos.