Bancos e sindicalistas retomam amanhã negociações salariais

da Agência Brasil

Greve dos bancários prossege em todo o país.

Após quase quatro horas de reunião, a Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e o Comando Nacional dos Bancários decidiram continuar amanhã (14), a partir das 10h, as negociações salariais que poderão acabar com a greve da categoria.

As conversas de hoje (13), que ocorreram em um hotel na região central da capital paulista. Foi a primeira rodada de negociação depois do início do movimento, no último dia 27.

Os bancários reivindicam reajuste de 12,8%, o que significa 5% de aumento real. A Fenaban ofereceu 0,56% de aumento real dos rendimentos. Além da elevação dos salários, os bancários querem maior participação nos lucros e resultados, fim da rotatividade dos empregos e melhores condições de trabalho.

Comentários encerrados.