27 de outubro de 2011
por admin
15 Comentários

Wikileaks aponta William Waack como informante do governo dos EUA

do Jornal do Brasil

O jornalista William Waack, da Rede Globo, se tornou um dos assuntos mais discutidos no Twitter nesta quinta-feira graças a supostos documentos da Wikileaks que o apontariam como informante do governo americano. Apesar de vagas e desencontradas, algumas informações são verdadeiras. O Informe JB entrou em contato com a jornalista Natalia Viana, responsável pela Wikileaks no Brasil, que confirmou a história. Waack é citado não apenas uma, mas três vezes como informante da Casa Branca. Dois dos documentos que o citam são considerados “confidenciais”.

Um dos arquivos é sobre a visita de um porta-aviões dos Estados Unidos em maio de 2008. Na ocasião, a Embaixada Americana classificou como positiva a repercussão na mídia do evento, citando William Waack diretamente por ter ajudado a mostrar o lado positivo das relações do Brasil com os Estados Unidos em reportagens para o jornal “O Globo”. Os outros dois Leia mais

27 de outubro de 2011
por admin
12 Comentários

Ratinho reafirma que será candidato a prefeito de Curitiba

*Ratinho Jr. diz que não será candidato contra o governador em 2012
por Elizabete Castro, via O Estado do Paraná

O deputado federal Ratinho Junior (PSC) disse nesta quinta-feira (28) que não pretende ser o candidato contra o governador Beto Richa (PSDB) nas eleições do próximo ano para a prefeitura de Curitiba.

Embora tenha o desejo de ser o candidato com apoio dos partidos da base da presidente Dilma Rousseff (PT), Ratinho Junior disse que tem uma boa relação com o governador tucano e que o trânsito junto aos governos estadual e federal será o diferencial da sua campanha em 2012.

Mesmo vinculado á coalizão dos partidos adversários do PSDB no plano nacional, Ratinho Junior disse que não pretende transferir essa rivalidade para a disputa municipal.

“Não serei o candidato contra o governo estadual ou o candidato do governo federal. Eu represento um modelo de política que tenha trânsito em todas as áreas. Esta é a minha vantagem”, disse o deputado, que preside o PSC no Paraná.

Para Ratinho, ter entrada no Palácio do Planalto e não ser visto como inimigo no Palácio das Araucárias é uma vantage Leia mais

27 de outubro de 2011
por admin
2 Comentários

Governo avalia impor Ficha Limpa para nomeação de servidores

da Folha.com

O ministro da CGU (Controladoria-Geral da União), Jorge Hage, disse nesta quinta-feira (27) que está em discussão no âmbito interno do governo a implantação de um regulamento que imponha que os nomeados para cargos do governo tenham Ficha Limpa, nos moldes da lei aprovada no Congresso no ano passado.

A CGU é o órgão responsável pelo controle interno e combate à  corrupção no governo. Segundo Hage, esta é uma das medidas em estudo no governo para aumentar a transparência, mas não tem data para ser apresentada à  presidente Dilma Rousseff.

Outra medida, segundo ele, é uma regulamentação ao decreto da presidente de setembro deste ano que criou restrições aos convênios com ONGs. Segundo Hage, o governo vai especificar como os ministérios devem fazer os chamamentos públicos das entidades. Leia mais

27 de outubro de 2011
por Esmael Morais
3 Comentários

Aldo Rebelo do PCdoB é o novo ministro do Esporte

do G1

O deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP) foi anunciado nesta quinta (27) como novo ministro do Esporte, em substituição a Orlando Silva (PC do B-SP), que pediu demissão nesta quarta após denúncias, que ele nega, de envolvimento em um esquema de desvio de verbas no ministério.

O anúncio foi feito pelo próprio deputado, ao deixar o Palácio da Alvorada, onde se reuniu com a presidente Dilma Rousseff.

“Aceitei o convite, e o processo de transição ainda vai ser iniciado”, declarou o novo ministro. Segundo ele, o pedido da presidente foi “comprometimento” em relação à  condução das tarefas relacionadas à  Copa do Mundo 2014 e à s Olimpíadas 2016. Leia mais

27 de outubro de 2011
por admin
10 Comentários

A receita dos tucanos para a Educação no PR: “pão de ló de fubá”

Acaba de chegar nos estabelecimentos de ensino do Paraná a 4!ª edição do jornal da Secretaria de Estado da Educação (SEED).

Desta vez, o informativo oficial da Secretaria da Educação, Nossa Escola, além de sugerir um suposto contentamento dos trabalhadores da educação com o aumentão! parcelado de 2,83% concedido a categoria pelo governador tucano Beto Richa, também traz uma receita de pão de ló de fubá.

A atuação tucana na educação do Paraná faz lembrar o tempo da ditadura, onde os jornais colocavam receitas de bolo no lugar das matérias que eram censuradas pelo regime.

Apesar de o governo do PSDB ter uma quedinha pela censura não é o caso, pois ninguém dá tiro no próprio pé. Isto está mais para falta do que dizer mesmo.

O jornal informativo mensal Nossa Escola! tem tiragem de 120 mil exemplares e é dirigido a todos os profissionais da educação do estado do Paraná.

Na edição de agosto, a SEED havia publicado uma receita de torta de mandioca.

Veja a receita de pão de ló da SEED:

INGREDIENTES:
04 ovos inteiros;
1 !½ copo de (requeijão) de açúcar;
!½ copo de (requeijão) de óleo;
1 copo de (requeijão) de leite;
1 copo de (requeijão) de farinha de trigo;
1 colher de (sopa) de fermento em pó.

MODO DE PREPARO:
1.Ferva o leite com o óleo;
2.Bata no liquidificador os ovos e o açúcar;
3.Adicione o Leia mais

27 de outubro de 2011
por admin
Comentários desativados em Uruguai aprova lei que elimina prescrição para crimes cometidos na ditadura

Uruguai aprova lei que elimina prescrição para crimes cometidos na ditadura

da Agência Brasil

Argumentando que crimes contra a humanidade não podem ser prescritos, o Congresso do Uruguai aprovou o texto que elimina a prescrição !“ quando se conclui que passou muito tempo para julgar um determinado crime – para atos cometidos durante a ditadura militar no país (1973-1985). Na prática, a medida autoriza a abertura de processos contra militares que estão na reserva.

O presidente uruguaio, José Pepe Mujica, foi um dos defensores da proposta. Nos anos 1970, Mujica integrou o Movimento de Liberação Nacional Tupamaros, que combatia a ditadura, enfrentando 15 anos de prisão. A mulher dele, Lúcia Topolansky, é senadora e uma das parlamentares mais atuantes no Uruguai.

O texto foi submetido a votações, inicialmente no Senado e depois na Câmara. A proposta atende a uma recomendação da Corte Interamericana que pediu ao Uruguai para eliminar os obstáculos jurídicos que impedem o julgamento de crimes ocorridos durante o período militar.

A proposta reúne essencialmente quatro artigos. Pelo texto, é restaurado o direito de o Estado punir os crimes cometidos no período militar. No segundo artigo, é eliminada a prescrição para os processos envolvendo o mesmo período.

Nos artigos seguintes, as infrações cometidas no período da ditatura são declaradas como crimes contr Leia mais

27 de outubro de 2011
por Esmael Morais
11 Comentários

Internautas criticam governo por covardia! diante da mídia

por Eduardo Guimarães, no Blog da Cidadania

Desde a noite de terça-feira, blogs e redes sociais começaram a ser invadidos por onda de revolta contra desfecho da novela Orlando Silva que já se fazia previsível. Todavia, após sucessivas garantias da presidente Dilma, do PC do B e do próprio ministro de que a presunção de inocência! deste prevaleceria sobre o bombardeio de acusações da mídia, ontem a demissão se concretizou.

Foi a primeira vez, neste ano, que a militância governista na internet não se dividiu como ocorrera em demissões anteriores de ministros, com destaque para a primeira da série de demissões que ocorreria após a queda do ex-chefe da Casa Civil Antonio Palocci, quando a aquela militância rachou praticamente ao meio sobre a permanência dele no cargo.

O apoio a Orlando Silva foi esmagadoramente majoritário entre a militância governista na internet. Há poucos dias, milhares de tuiteiros já haviam levado esse apoio aos Trending Topics do Twitter. Na terça-feira, repúdio a declaração do deputado ACM Neto de que o ministro do Esporte afrontava o país por ter ido a audiência na Câmara ficou entre os cinco temas mais comentados naquela rede social. Leia mais