19 de outubro de 2011
por esmael
1 Comentário

Copom reduz taxa Selic para 11,5%

da Agência Brasil

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) manteve a política de redução da taxa básica de juros (Selic), iniciada no final de agosto, e, em decisão unânime, baixou os juros básicos de 12% para 11,5% pelos próximos 45 dias. A próxima reunião do colegiado de diretores do BC está agendada para os dias 29 e 30 de novembro.

Foi a sétima reunião do Copom neste ano. Nas cinco primeiras, a taxa Selic acumulou altas de 1,75 ponto percentual (saiu de 10,75% em dezembro de 2010 para 12,5% em julho deste ano) e, nas duas últimas reuniões, os diretores do BC optaram pela redução de 1 ponto percentual na taxa como forma de reduzir os efeitos da estagnação das economias desenvolvidas no mercado doméstico.

19 de outubro de 2011
por esmael
1 Comentário

Ministro do Esporte continua no comando da Copa de 2014

* Atuação da oposição no Senado foi “meia-bomba”

O ministro do Esporte, Orlando Silva, desmentiu hoje, durante sessão do Senado, que tenha perdido força na pasta. Jornais e portais de notícias, ligados à  velha mídia, difundiram pela manhã que o governo havia retirado do ministro as atribuições da Copa de 2014. Mais uma mentira, que também caiu como um castelo de cartas.

Inquerido pela senadora Ana Amélia (PPS-RS) se continuaria como “interlocutor do governo com o Congresso ao tratar da Lei Geral da Copa”, Orlando garantiu que não lhe foi tirada a atribuição concedida pela Presidência da República de coordenar os trabalhos para organizar a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016.

“A atribuição que tenho de coordenar o trabalho me foi oferecida pela presidente Dilma (Rousseff) e foi instituída em decreto presidencial”, disse Orlando Silva.

O clima durante a sessão foi morno em comparação à  audiência de ontem na Câmara. Além dos dois senadores do seu partido, o PC do B, Inácio Arruda (CE) e Vanessa Grazziotin (AM), compareceu o presidente da legenda, Renato Rabelo. Tanto Arruda quanto Vanessa desqualificaram as acusações contra o ministro.

Entre as lideranças governistas, o apoio foi visivelmente menor hoje. O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), deixou a audiência logo no início e o líder do governo na Casa, Romero Jucá (PMDB-RR), não compareceu à  sessão.

Na oposição, somente os líderes da minoria no Senado, Mário Couto (PSDB-PA), e o do PSDB na Casa, àlvaro Dias (PR), estiveram na audiência. No entanto, não deixaram o ministro desconfortável durante a audiência.

O desempenho do ministro do Senado, a exemplo de ontem na Câmara, agradou muito o Palácio do Planalto.

Com informações d’O Globo.

19 de outubro de 2011
por esmael
2 Comentários

PCdoB investiga armação contra Orlando Silva

via Portal Vermelho

O PCdoB vai investigar a origem de uma “grande armação” contra o ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., relata o presidente do partido, Renato Rabelo, em entrevista ao Terra Magazine. “à‰ uma questão do partido, cabe a ele fazer. Vamos fazer contatos, pesquisa, avaliação. Juridicamente, podemos ver os processos contra ele. Nós temos esses meios”, conta Rabelo, que evoca a disputa política no Distrito Federal como uma das motivações da bateria contra os comunistas.

As declarações foram dadas por conta das denúncias publicadas na edição desta semana da revista Veja. Segundo a matéria, recursos do programa Segundo Tempo, que atende a crianças carentes, teriam sido desviados para o caixa das campanhas eleitorais do PCdoB.

Todas as acusações foram feitas pelo soldado da Polícia Militar do Distrito Federal João Dias Ferreira, que até agora não apresentou as provas que diz possuir. Ferreira responde por fraudes nos convênios de sua ONG com o governo federal, firmados em 2005 e 2006. Houve o pedido de devolução de R$ 3,16 milhões.

Renato Rabelo argumenta que João Dias Ferreira nunca foi militante do PCdoB, apenas filiou-se para disputar uma eleição, em 2006. “Foi um filiado muito temporário. Ele era soldado, tinha que se afastar da corporação e se filiar a um partido, para ser candidato (a deputado distrital) (…) Ele se filia por alguns meses, logo depois das eleições se desfilia. Foi uma passagem muito temporária, efêmera. Ele não foi militante do PCdoB”, diz o presidente da legenda.

Terra Magazine: Como o senhor avalia as denúncias contra o PCdoB e o ministro Orlando Silva?

Renato Rabelo: Acho que a posição do ministro tem sido sóbria, mostra que não tem vinculação com aquilo que esse soldado depõe contra ele. O problema é o seguinte: numa hora como essa, se você é sujeito a uma denúncia, a uma armação… O PCdoB acha que é uma grande armação contra o ministro e, de tabela, ao PCdoB. A reportagem da Veja é um jornalismo vulgar, com interesse político. Esse grau de denúncia é bas

19 de outubro de 2011
por esmael
5 Comentários

O advogado de Wanessa Camargo vai pedir prisão para Rafinha Bastos

do Bem Paraná com G1

Além do processo por danos morais contra Rafinha Bastos, ação avaliada em R$ 100 mil, o advogado da cantora Wanessa Camargo também vai ajuizar uma ação criminal contra o apresentador, e pedir pena de três anos de detenção.

Manuel Alceu Affonso Ferreira pede que o humorista seja enquadrado no artigo 140 do Código Penal Brasileiro, que prevê pena por injúria de seis meses a um ano, mas com agravante de até três anos pelo fato da ofensa ter sido feita na TV.

Decidimos entrar com a queixa-crime porque ele cometeu um ilícito com o qualificador de ter sido feito na TV, para milhares de pessoas. Entramos com esse processo na segunda-feira, 17, e novamente a ação é movida pela cantora, seu marido e seu filho, para garantir e preservar os direitos do nascituro!, explicou Fernanda Parodi, assistente de Manuel Alceu no caso.

A advogada contou ainda que o juiz já determinou a citação de Rafinha Bastos no processo civil por danos morais, que a cantora também move contra o humorista.

Rafinha Bastos ironizou a notícia sobre o pedido de prisão e tuitou: “O ruim de ser preso é que perco o acesso ao Twitter. Mandar 3,4 milhões de pombos-correio vai ser dureza”.

19 de outubro de 2011
por esmael
4 Comentários

A vaca no brejo e falta de mesas para os comissionados da Sanepar

Reportagem do portal Banda B informa que o Corpo de Bombeiros de Curitiba (CB) foi acionado para uma situação pouco comum durante a tarde desta quarta-feira (19). Uma vaca, que “caminhava” na Rua Miguel Pedro Abib, no bairro Cajuru, em Curitiba, resolveu entrar na central de tratamento de esgoto da Sanepar. Esse pode ter sido o último passeio do animal, já que ele caiu em um esgoto com dois metros de profundidade.

Mas o que eu quero comentar é outra coisa. Na sede da Sanepar, no bairro Rebouças, há uma inusitada falta de mesas para funcionários comissionados. Segundo uma fonte do blog, até um esquema de rodízio foi criado na empresa para abrigar tanta gente. Quem vai pela manhã não precisa voltar à  tarde, e vice-versa.

Volto à  vaca atolada, motivo da reportagem da Banda B. A emissora conta que tentou entrar na estação, mas foi barrada pelos funcionários. Duas viaturas do CB foram acionadas e realizam o resgate. Ainda não se tem informações sobre o estado de saúde da vaca.

19 de outubro de 2011
por esmael
5 Comentários

Beto Richa virou as costas para os municípios do interior, diz jornal

por Maurino de Souza, editorial da Folha de Palmeira

Palmeira, a Cidade Clima do Brasil, um dos maiores entrocamento rodoviário, rota do Mercosul, sentidos Norte/Sul e Leste/Oeste, parece estar fora da agenda de benefícios do governo do PSDB !“ Partido da Social Democracia Brasileira, se forem consideradas as informações divulgadas pela Agência Estadual de Notícias !“ órgão oficial do Palácio das Araucárias !“ que mostram o atendimento a outros municipais iguais ou menores que Palmeira.

Apesar de o prefeito Altamir Sanson e sua equipe terem garantido a vitória de Beto Richa e do presidente da Assembléia Legislativa, Waldir Rossoni, ambos do PSDB, parecem que viraram as costas para o povo palmeirense, apesar das insistentes reivindicações feitas pelo chefe do Executivo. Se Altamir não tivesse assumido a campanha de Beto e Rossoni em Palmeira, ambos teriam levado uma lavada, se levarmos em conta os votos que Rossoni recebeu na campanha anterior e os dados a Luiz Malucelli na última eleição.

Um exemplo mais recentemente desse descaso aconteceu na tarde de terça-feira (19) com a assinatura de protocolos de intenções para o início do processo de municipalização do trânsito em 29 municípios com mais de 31 mil habitantes. Apesar de ser um presente de grego, pois o Estado quer se livrar do pepino e transferir aos prefeitos a administração do sistema de trânsito para departamentos locais num prazo de 120 dias.

OUTRAS MEDIDAS !“ O governador também autorizou a execução de atividades de educação para o trânsito em escolas municipais do Estado, em parceria com a área de educação do Detran-PR. A ação será inicialmente executada em 12 municípios: Almi

19 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Com reeleição de Cristina Kirchner praticamente certa, campanha termina hoje na Argentina

Com reeleição de Cristina Kirchner praticamente certa, campanha termina hoje na Argentina

da EBC na Argentina, via Agência Brasil

Sem clima de festa, nem cartazes nas ruas, os sete candidatos à  Presidência da Argentina encerram suas campanhas nesta quarta-feira (19). Os argentinos já sabem, há dois meses, que a reeleição da presidenta Cristina Kirchner está praticamente assegurada.

As recentes pesquisas de opinião indicam que ela superará o desempenho das eleições primárias de 14 de agosto, quando não só obteve a metade dos votos, como também, uma diferença de mais de 30 pontos percentuais em relação ao segundo colocado, garantindo a vitória no primeiro turno. Para ser eleito no primeiro turno, basta ter 40% dos votos válidos e uma vantagem de 10% em relação aos votos do segundo mais votado.

A verdadeira disputa, nas eleições de domingo (23), será pelo segundo lugar. Desde agosto, a popularidade do governador de Santa Fé, Hermes Binner !“ candidato da Frente Ampla Progressista – tem crescido. Nas primárias, ele foi o quarto colocado, atrás de Ricardo Alfonsin (filho do ex-presidente Raul Alfonsin) e do ex-presidente Eduardo Duhalde, que praticamente empataram com 12% dos votos. Mas as recentes pesquisas de opinião indicam que ele pode ultrapassar ambos.

Dos sete os candidatos em disputa, três são originários do Partido Justicialista (PJ), conhecido como Peronista, que desde a redemocratização do país, em 1983, se reveza no poder com a União Cívica Radical (UCR), de Ricardo Alfonsin. Divididos, os candidatos peronistas criaram legendas próprias: Cristina Kirchner é candidata da Frente pela Vitória; Eduardo Duhalde disputa a eleição pelo Partido União Popular e o governador de San Luis, Alberto Rodriguez Saa, pelo Partido Peronismo Federal. Se Binner conquistar, de fato, o segundo lugar, será a zebra da eleição.

No domingo, os 28,6 milhões de eleitores argentinos também votarão para eleger 130 dos 257 deputados federais e 24 dos 72 senadores, alem de governadores, prefeitos e deputados estaduais. Não ha clima de campanha porque o resultado é conhecido: Cristina Kirchner será reeleita!, disse à  Agencia Brasil o analista político Hector Stupenengo. O motivo da

19 de outubro de 2011
por esmael
17 Comentários

Deputado Alfredo Kaefer chora após ser chamado de “homem de muleta”

da Folha.com

O deputado federal Alfredo Kaefer (PSDB-PR) chorou nesta quarta-feira ao comentar a frase do vereador Marcos Rios (PDT), que se referiu a ele como “o homem de muleta”.

Na terça-feira (18), durante sessão da Câmara Municipal de Cascavel (498 km de Curitiba), o vereador usou a expressão ao se queixar da cúpula do PSDB, da qual Kaefer faz parte, porque o partido abriu um processo para expulsá-lo.

Kaefer tem sequelas causadas pela polimiosite, uma doença semelhante à  poliomielite, que afeta o sistema muscular. “Não sou assim porque eu quis. Eu trocaria tudo na minha vida, toda a minha riqueza eu trocaria se pudesse ser um homem que não tivesse defeito físico. Mas infelizmente convivo com isso”, disse o deputado à  rádio CBN.

Em entrevista à  Folha, na manhã desta quarta-feira (19), Kaefer classificou a atitude de Rios como “lamentável” e disse que convive com a deficiência física desde os seis anos de idade.

“Não sou infalível, cometo erros, até como parlamentar, mas procuro me corrigir. O único defeito que tenho e não posso corrigir é a minha deficiência física”, afirmou.

Hoje, o vereador se desculpou “pelo momento de raiva e angústia” e disse que voltará à  tribuna na sessão de terça-feira (25) para pedir desculpas mais uma vez ao deputado.

19 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Assembleia do MA aprova ‘estatização’ de Fundação Sarney

Assembleia do MA aprova ‘estatização’ de Fundação Sarney

Folha.com

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou nesta quarta-feira (19) o projeto de lei que transfere a Fundação José Sarney para a administração do Estado.

Atualmente, a entidade, que fica em São Luís e reúne o acervo do ex-presidente e senador José Sarney (PMDB-AP), pai da governadora, é uma fundação privada.

O projeto, enviado pelo governo estadual, tramitou em regime de urgência e foi aprovado sem emendas apenas dois dias após chegar ao Legislativo. O texto segue agora para sanção da governadora.

De acordo com texto aprovado, Sarney será o patrono da fundação.

19 de outubro de 2011
por esmael
4 Comentários

TRE cassa mandato de Bernardo Carli

via blog da Joice Hasselmann

Deputado Bernardo Carli.

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná acaba de cassar o mandato do deputado Bernardo Carli (PSDB) por unanimidade. Ele foi condenado por gastos ilícitos de campanha. Seis juízes votaram a favor da cassação. A decisão foi tomada hoje à  tarde. Leia mais

19 de outubro de 2011
por esmael
4 Comentários

PV, PTN e PR formam frente para disputar prefeitura de Colombo

Roberto Acioli, ladeado por Rubens Marques, Eurico Dino e Helder Lazarotto.

O vereador Helder Lazarotto (PTN), vice-presidente da Câmara Municipal, é o mais novo pré-candidato a prefeito de Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Ele se reuniu nesta semana com a presidenta estadual do PV, Rosane Ferreira, e com os colegas de parlamento Eurico Dino (PV) e Rubens Marques (PR) para discutir a formação de uma frente partidária visando as eleições de 2012. O encontro também recebeu as bênçãos dos deputados verdes Roberto Acioli e Rasca Rodrigues. Leia mais

19 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Marco Aurélio desqualifica denunciante de Orlando Silva

Marco Aurélio desqualifica denunciante de Orlando Silva

da Agência Estado

Marco Aurélio Garcia.

Antes de partir para a sua programação da tarde de hoje e cumprir os dois últimos compromissos de sua agenda em Moçambique, a presidente Dilma Rousseff, mais uma vez, evitou falar com a imprensa brasileira sobre a situação do ministro do Esporte, Orlando Silva. Coube ao assessor de Assuntos Internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia, traduzir o clima do governo sobre a avaliação do quadro, neste momento. Garcia desqualificou o policial militar João Dias Ferreira, que acusou Orlando Silva de operar esquema de desvio de recursos do Ministério. “Ele não tem currículo, tem prontuário”, declarou Garcia. Leia mais

19 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em No Chile, policiais e manifestantes se enfrentam nas ruas de Santiago

No Chile, policiais e manifestantes se enfrentam nas ruas de Santiago

da Agência Brasil

Pelo segundo dia consecutivo, policiais e manifestantes se enfrentaram nas ruas de Santiago, no Chile. No confronto, os policiais tentaram conter a ação de manifestantes encapuzados que ateavam fogo em barricadas em algumas das principais avenidas da cidade. Os protestos em várias cidades do Chile ocorrem há cerca de cinco meses, desde quando estudantes começaram a cobrar reformas na educação.

Os tumultos mais intensos hoje (19) ocorreram em frente à  Universidade de Santiago, uma das maiores do país. Camila Vallejo e Giorgio Jackson, líderes do movimento estudantil, chegam nesta tarde a Santiago depois de uma viagem pela Europa !“ França, Bélgica e Suíça !“ onde foram participar de debates sobre educação.

Para o vice-ministro do Interior do Chile, Rodrigo Ubilla, esta etapa dos protestos significa um “novo ciclo de violência”. “Há grupos que são extremamente coordenados e querem gerar uma imagem de violência e desordem pública”, disse ele. “O governo condena tais ações e reitera que essas manifestações não contribuem para o diálogo.”

Ontem (18), o ministro avisou que será executada uma lei de segurança contra os manifestantes que atearam fogo a um ônibus, em uma das avenidas de Santiago. Um grupo de manifestantes usou máscaras para tampar os rostos.

Nos últimos meses, o governo do presidente chileno, Sebastián Pià±era, apresentou propostas de reforma da educação. As sugestões foram rechaçadas por estudantes e professores. A principal reivindicação é para a gratuidade do ensino superior no país !“ atualmente as universidades chilenas são todas privadas.

*Com informações da agência pública de notícias da Argentina, Telam.

19 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Filho do lutador Anderson Silva pede revisão de pensão alimentícia

Filho do lutador Anderson Silva pede revisão de pensão alimentícia

Lutador Anderson Silva.

Maior lutador de MMA do mundo, o curitibano Anderson Silva está em Curitiba desde ontem (18). Diferente de suas últimas vindas, quando festejou títulos, desta vez o motivo é judicial. à‰ que uma das mães de seus filhos entrou com uma ação revisional de alimentos. O lutador (um dos esportistas mais bem pagos do Brasil atualmente) oferece apenas R$ 500 de pensão ao segundo de seus filhos, hoje com 14 anos. Leia mais

19 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Em novo round no Senado, ministro do Esporte manterá ofensiva contra caluniadores

Em novo round no Senado, ministro do Esporte manterá ofensiva contra caluniadores

Daqui a pouco, a partir das 14 horas, o ministro do Esporte, Orlando Silva, participará de audiência pública da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). O ministro responderá sobre as caluniosas e infundadas denúncias publicadas na imprensa nos últimos dias a respeito de irregularidades no programa Segundo Tempo.

O blog apurou que o ministro manterá nesta tarde a mesma estratégia ofensiva utilizada ontem na Câmara contra os caluniadores, a quem ele classifica de bandidos. Orlando deverá frisar que os ataques recebidos pela mídia são, na verdade, endereçados ao governo da presidenta Dilma Rousseff e ao PCdoB — partido a qual é filiado.

A assessoria do ministro também identificou “cascas de bananas” colocadas pela imprensa em seu caminho visando arrastar o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), para o olho do furacão e isolá-lo na luta política. Agnelo é ex-PCdoB e antecessor de Orlando na pasta.

A ordem no PCdoB é para que Orlando Silva parta para o ataque sem dó nem piedade na audiência do Senado. O ministro deverá relembrar o mau jornalismo da revista Veja em outros momentos, como no caso da espionagem ao ex-ministro José Dirceu e, de quebra, sugerir regulação da mídia para que interesses políticos e econômicos dos meios de comunicação não se sobreponham aos interesses do Estado. Por trás das denúncias, acreditam os comunistas, há grandes cobiças por causa da importância que ganhou o Ministério do Esporte com a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Sobre uma hipotética gravação do policial que o denuncia, o ministro afirma que nada existe contra ele. “Se houver, que leve à  Polícia Federal, ao Ministério Público Federal”, desafia.

O requerimento de convite ao ministro foi aprovado durante reunião desta terça-feira (18) na comissão, presidida pelo senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). A iniciativa foi dos senadores Inácio Arruda (PCdoB-CE) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), ambos do mesmo partido de Orlando Silva.

Segundo caluniosa reportagem publicada no final de semana pela revista Veja, o ministro do Esporte teria sido beneficiado por um esquema de desvio de verbas destinadas ao programa Segundo Tempo, de estímulo à  prática esportiva de crianças e adolescentes nas escolas. O desvio de verbas, de acordo com a denúncia, teria ocorrido por meio de organizações não governamentais (ONGs) que prestariam serviço ao programa.

As denúncias contra Orlando são sustentadas no depoimento do policial

19 de outubro de 2011
por esmael
1 Comentário

Decisão judicial cria vácuo na fiscalização do trânsito de Curitiba

por Vinicius Boreki e Rafael Waltrick, via Gazeta do Povo

A sentença que proibiu a Urbanização de Curitiba S/A (Urbs) de aplicar multas deixou a fiscalização do trânsito na capital em uma espécie de limbo. Para não desrespeitar a decisão judicial, em vigor desde 28 de setembro, agentes da Diretoria de Trânsito (Diretran), ligada à  Urbs, estariam evitando emitir novos autos de infração, apesar de nenhum anúncio oficial ter sido feito pela prefeitura.

Nesse caso, a missão de notificar motoristas infratores caberia ao Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran), mas mesmo a atuação da PM em determinados tipos de infração pode ser questionada na Justiça, já que a ação do BPTran nestes casos ocorre por meio de um convênio com a Urbs, a mesma autoridade de trânsito que está sendo contestada. Já a operação de radares e lombadas eletrônicas estaria ocorrendo normalmente.

A situação só deve se resolver quando a nova secretaria municipal de trânsito for criada e começar a operar, ou se uma nova decisão da Justiça cassar os efeitos do acórdão do Tribunal de Justiça do Paraná.

Segundo agentes de trânsito consultados pela Gazeta, a Urbs teria orientado os fiscais, desde a semana passada, a não aplicar multas. Conforme os agentes, que falaram sob condição de anonimato, as ações nas ruas de Curitiba estão restritas à  sinalização em trechos de obras e à  orientação dos condutores. Falaram [a direção da Urbs] que não é para a gente notificar. Até aposentei o bloquinho de autuação. Saímos na rua mais para orientar!, relata um dos agentes.

Continuamos com o trabalho de orientação, porém, não estamos autuando. E pode ser que a gente não volte a autuar enquanto a secretaria de trânsito não for criada!, afirma outro fiscal.

A orientação para não multar não é confirmada pela Urbs. Em recente comunicado oficial, a empresa relata que os agentes continuam nas ruas orientando e prevenindo acidentes de trânsito!, mas não faz menção à  aplicação de autuações. A presença dos agentes, no entanto, também é questionável. Ontem, a reportagem circulou por uma hora e meia, durante a tarde, nas principais vias do Centro e bairros vizinhos. Durante esse período, apenas nove agentes de trânsito foram vistos nas ruas.

Convênio

Segundo o presidente da Comis!­!­são de

19 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em PCdoB: pequeno, mas unido e aguerrido na defesa de Orlando Silva

PCdoB: pequeno, mas unido e aguerrido na defesa de Orlando Silva

por André Barrocal, via Carta Maior

Se o ministro do Esporte age como nenhum outro acusado de corrupção no governo Dilma, com sequência de defesas públicas, PCdoB não fica atrás. Burocracia, parlamentares e assessores lotam depoimento de Orlando Silva, em apoio próprio e ao filiado. Sentido-se alvo de campanha, comunistas invocam trajetória histórica e atacam mídia. Em telefonema, chefe da Casa Civil solidariza-se. Programa de TV do partido nesta quinta (20) será dedicado à  reabilitacão.

O depoimento do ministro do Esporte, Orlando Silva, à  Câmara dos Deputados nesta terça-feira (18), para se defender de denúncias, lotou o plenário da Comissão de Fiscalização e Controle. Mas não foi só o interesse jornalístico e da oposição ao governo que garantiu casa cheia. Unido em torno do correligionário como não se costuma ver em outras legendas com filiados embaraçados, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) arrastou sua burocracia, as bancadas !“ que não são grandes – de deputados e senadores e uma legião de assessores, no apoio ao ministro.

No depoimento de quase quatro horas, os comunistas não economizaram aplausos para as fortes declarações de Orlando Silva contra o detrator, o policial militar João Dias Ferreira, ou para congressista, até de outro partido, que saía em defesa do ministro.

Também fustigaram adversários do governo, ao ironizar, por exemplo, o líder do PSDB, Duarte Nogueira (SP), quando este voltara do Senado, depois de reunião com João Dias, e dissera que o PM estaria precisando de proteção policial! contra ameaças.

Muitos dos militantes também fizeram questão de acompanhar o ministro na entrevista coletiva que ele topou conceder, mesmo depois do longo depoimento.

O motivo de tamanha mobilização é o caráter partidário da acusação feita por João Dias. Se o PM atingiu a jugular de Silva, ao afirmar que o ministro comandaria esquema de corrupção no ministério, acertou tamb