Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

13 de outubro de 2011
por esmael
5 Comentários

João Arruda, o caçador de corruptores; veja o vídeo

Nesta semana, a multinacional Siemens demitiu o presidente da filial brasileira, Adilson Primo, devido a contravenções, suspeita de desvio de dinheiro da empresa e do pagamento de propina a agentes públicos.

Este é um exemplo concreto do trabalho da Comissão Especial (CE), que vai analisar o projeto da presidenta Dilma Rousseff para criar uma legislação capaz de punir os agentes corruptores no Brasil.

A comissão é presidida pelo deputado federal João Arruda (PMDB-PR). Ele explicou o cronograma de trabalho no Palavra Aberta, programa da TV Câmara que foi ao ar nesta quinta-feira (13).

13 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Bancos e sindicalistas retomam amanhã negociações salariais

Bancos e sindicalistas retomam amanhã negociações salariais

da Agência Brasil

Greve dos bancários prossege em todo o país.

Após quase quatro horas de reunião, a Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e o Comando Nacional dos Bancários decidiram continuar amanhã (14), a partir das 10h, as negociações salariais que poderão acabar com a greve da categoria. Leia mais

13 de outubro de 2011
por esmael
4 Comentários

Beto Richa pega carona no AeroDilma

Dilma dá carona a Richa.

Depois de assistir a presidenta Dilma Rousseff anunciar recursos na ordem de R$ 1,75 bilhão para a construção do metrô, um sonho curitibano, o governador Beto Richa (PSDB) ainda ganhou uma carona no AeroDilma até Porto alegre. Leia mais

13 de outubro de 2011
por esmael
7 Comentários

PSDB vai hoje à  televisão defender legado de FHC

via Correio Braziliense

De olho nas eleições de 2012, o PSDB vai usar o programa partidário de hoje para começar a desenhar uma nova fórmula de reaproximação com o eleitor. Saem os governadores, sempre prestigiados nos programas anteriores, e entram jovens, mulheres e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso como marca registrada do partido.

Estão previstas também falas do senador Aécio Neves (MG), que já se apresentou como pré-candidato a presidente em 2014, e do ex-governador de São Paulo José Serra, que empunhou a bandeira tucana na última sucessão presidencial. As aparições, entretanto, não serão o ponto principal do programa.

“Nós vamos reestruturar o partido no sentido de reaproximá-lo da sociedade e das suas bandeiras. Esse é o objetivo”, comenta o presidente da legenda, Sérgio Guerra, sacando da manga projetos como o braço sindical do partido, a secretaria das mulheres e uma aproximação maior com a juventude e as minorias.

Diante dessas metas, avaliaram os tucanos em conversas recentes, não haveria espaço para o desfile dos administradores estaduais. A ideia é valorizar o legado de Fernando Henrique Cardoso e, com isso, tentar resgatar o que eles consideram os pontos positivos dos oito anos em que o PSDB administrou o Brasil. A ordem é mostrar que Fernando Henrique não apenas cr

13 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Twitter é 8,4 mil vezes mais eficiente que o Procon

Twitter é 8,4 mil vezes mais eficiente que o Procon

via Portal Vermelho

Segundo pesquisa, reclamações de consumidores feitas pelo Twitter são extremamente mais eficientes do que as feitas ao Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor), órgão que leva no mínimo um mês para dar retorno, sem garantia de solução para o problema. Leia mais

13 de outubro de 2011
por esmael
2 Comentários

Entidade pede na Justiça que presidente da Assembleia devolva R$ 160 mil aos cofres públicos

Rossoni. Charge da Gazeta do Povo.

O presidente da Federação das Associações de Moradores de Curitiba (Femotiba), Edson Feltrin, ingressou nesta quinta-feira (13) ajuizou uma ação na Promotoria de Defesa do Patrimônio Público contra o presidente Assembleia Legislativa do Paraná, Valdir Rossoni (PSDB), pedindo a devolução de R$ 160 mil aos cofres públicos recebidos a título de verba de gratificação. Leia mais

13 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Gleisi Hoffman anuncia cessão de uso gratuito e doação de imóveis em coletiva nesta quinta em Curitiba

Gleisi Hoffman anuncia cessão de uso gratuito e doação de imóveis em coletiva nesta quinta em Curitiba

Na companhia da presidenta da República, Dilma Rousseff, a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, participa, nesta quinta-feira (13), da cerimônia de anúncio dos investimentos da obra do metrô de Curitiba, à s 15h, na Prefeitura Municipal de Curitiba. O projeto prevê 14,2 quilômetros de linhas e 13 estações. O investimento do governo federal está estimado em R$ 1 bilhão. Leia mais

13 de outubro de 2011
por esmael
4 Comentários

Artigo de opinião: “Metrô: menos conversa, mais ação”

por Roberto Elias Salomão *

Fosse a política econômica do Brasil a neoliberal dos governos do PSDB, Curitiba não estaria dando passo tão importante para se manter como cidade propulsora de desenvolvimento econômico e social.

O tema metrô tem sido um dos mais abordados nos debates sobre Curitiba há muitos anos. Isso desde o momento em que a capital paranaense deixou de ser um modelo de tranquilidade e passou a apresentar os problemas típicos de uma metrópole em crescimento, entre eles, em particular, o congestionamento das vias públicas.

Não faz tanto tempo assim. Quem conheceu Curitiba há 30 anos pode atestar que o tempo de deslocamento médio pela cidade só aumentou, que a insegurança se agravou, que o número de acidentes de trânsito se multiplicou, que os ônibus estão sempre cheios, que a eficiência e a credibilidade do sistema de multas tornaram-se cada vez mais nebulosos, que as pessoas ficam cada vez menos tempo em casa.

O modelo curitibano de transporte coletivo, que funcionou bem durante muitos anos, não da mais conta da demanda de uma cidade, de um estado e de um país que crescem tão rapidamente.

Nas últimas quatro campanhas eleitorais para a prefeitura, pelo menos, o metrô esteve presente nos discursos dos candidatos. Isso significa que há pelo menos 15 anos o assunto está no centro das atenções dos candidatos e dos prefeitos eleitos. No entanto, não se viu, em todo esse período, nenhuma ação concreta no sentido de viabilizar o metrô.

Por isso, a vinda da presidente Dilma Rousseff a Curitiba nesta semana assume uma importância não apenas administrativa, mas também simbólica. Dilma vem fazer o lançamento oficial do tão esperado metrô de Curitiba.

13 de outubro de 2011
por esmael
11 Comentários

Fracassada, marcha direitista pediu implantação do voto distrital

Movimento pediu voto distrital. Foto: Roberto Corradini.

Cerca de 200 pessoas participaram ontem de uma marcha nas ruas centrais de Curitiba. O movimento fora convocado pelo Facebook para combater a corrupção. Nada mais justo e nada de mais até aí. O que realmente chamou a atenção foram as bandeiras direitistas levantadas pelo grupo, dentre as quais a adoção do voto distrital no país. Leia mais

13 de outubro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Fenaban volta à  mesa de negociações com os bancários

Fenaban volta à  mesa de negociações com os bancários

Uma nova rodada de negociações entre bancários em greve e a Federação Nacional de Bancos (Fenaban) deverá ocorrer nesta quinta-feira (13), à s 16 horas, em São Paulo, que pode colocar fim à  paralisação de 16 dias.

A volta da Fenaban à  mesa de negociações com os grevistas foi possível graças à  ampliação do movimento dos bancários em todo o país.

“Foi a força da greve, que paralisa mais de 9 mil agências de bancos públicos e privados em todos os 26 estados e no Distrito Federal, que reabriu finalmente o diálogo e agora esperamos que os bancos venham para a mesa de negociações com uma proposta decente que atenda as justas reivindicações da categoria”, afirma Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e coordenador do Comando Nacional dos Bancários.

13 de outubro de 2011
por esmael
1 Comentário

Funcionários dos Correios voltam ao trabalho nesta quinta

Os trabalhadores dos Correios voltaram ao trabalho nesta quinta-feira (13) depois de 29 dias de greve. Eles atendem a uma determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que julgou na última terça (11) o dissídio coletivo da empresa.

Os ministros do TST decidiram pelo fim da paralisação mesmo não sendo considerada abusiva, pois entenderam que os trabalhadores cumpriram os tramites para deflagrar a greve. O TST optou por determinar o aumento real de R$ 80, a partir de outubro, e o reajuste de 6,87% desde agosto.

Durante a sessão de julgamento das cláusulas econômicas, o presidente do TST, ministro João Orestes Dalazen, reformulou a proposta apresentada pelo relator do dissídio, Maurício Godinho Delgado, e ofereceu abono de R$ 800, reajuste de 6,87% para agosto e aumento real de R$ 60 em janeiro. Contudo, os ministros, por maioria, seguiram a proposta apresentada pelo relator com os 6,87 % de reajuste e mais o aumento linear de