Veja essa: Derosso quer mandar até na CPI da Pizza que o investigará

Regulamento permite que Derosso influencie andamento de CPI

por Chico Marés, via Gazeta do Povo

A minuta do regulamento da Comissão Parlamentar de In!­!­!­quérito (CPI), que deve investigar a suspeita de irregularidades nos contratos de publicidade da Câmara de Curitiba, prevê a existência de sessões fechadas ao público. Além disso, a requisição de documentos e a convocação de autoridades para depoimentos precisariam passar pela Mesa Executiva !“ ou seja, teriam que ser autorizadas pelo presidente da Casa e principal alvo das investigações, João Cláudio De!­!­!­rosso (PSDB).

Segundo o artigo 4.!º da mi!­!­nuta, as reuniões poderão ser abertas ao público ou fechadas, conforme deliberação dos mem!­!­bros da comissão, por votação. Além disso, mesmo nas sessões abertas, seriam vedadas filmagens e gravações de áudio. Para o presidente da CPI, Emerson Prado (PSDB), a medida seria uma forma de evitar transformar a CPI em um show!. Vai ser da maneira mais democrática e aberta o possível, não vamos censurar ninguém. O que nós não vamos admitir é sensacionalismo. Nós queremos trabalho, e não “oba-oba”!, afirma.

Entretanto, para o vereador Paulo Salamuni (PV), a medida é antidemocrática e exclui os outros vereadores e a população das discussões da CPI. A sociedade tem que saber o que está acontecendo para dizer se concorda ou não. Não há espaço para reuniões secretas aqui!, comenta. Isso não é propriedade privada de ninguém e todos devem saber de tudo.!

O mesmo artigo também prevê que a tomada de depoimento de autoridades municipais e a requisição de documentos de repartições públicas devem ser feitas por meio da Mesa Exe!­!­!­cutiva. Para Prado, isso não deve prejudicar as investigações.

O vereador Pedro Paulo (PT) avalia que como o presidente da Casa é o principal investigado ele não pode ser responsável por liberar ou não ações da comissão. Vamos tentar tirar do regulamento tudo o que dependa da Mesa Executiva. Embora exista uma promessa de que [a interferência] não vai acontecer, a CPI ficará sempre em um clima de suspeição!, diz.

A minuta do regulamento da CPI é um esqueleto do que devem ser as regras da comissão e ainda precisa ser votada pelos parlamentares !“ que podem suprimir, acrescentar ou modificar todo o texto. O documento, de autoria da procuradoria jurídica da Casa, será objeto de votação na próxima sessão da comissão. Segundo Prado, ainda não há uma data definida para a reunião, mas o vereador afirma que ela ocorrerá certamente ainda nesta semana.

Prazo

Outro ponto polêmico que pode ser definido na próxima reunião é o prazo da CPI. O requerimento que pedia sua instalação, assim como a própria minuta do regulamento, dizem que ela deve durar 120 dias. Entretanto, o vereador Zé Maria (PPS) propôs a redução para 90 dias Se isso se prolonga até o próximo ano, há [durante o recesso] um esfriamento e um tempo para preparar provas. à‰ importante que a CPI termine antes!, afirma o vereador. Prado também acha que o prazo deve ser reduzido.

Para Pedro Paulo, entretanto, é muito cedo para que essa discussão seja realizada. Isso depende do andamento dos trabalhos!, diz. Segundo o regimento, a CPI tem um prazo de 15 dias desde sua instalação para definir sua duração.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. A pode, e como!!! sujo como é, e rouba a população, não vai pensar em detalhes como a higiênie e sim em grana!! nem vai ligar se servir no lugar de calabresa linguiça de rato!!!
    para um corrupto qualquer coisa pode!

  2. MAS ELE COM AQUELA BARBA NÃO PODE SER GARÇON,,POIS GARÇON DEVIDO Á HIGIENE NÃO PODE USAR BÁRBA NEM BIGODE;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;