Tucano x tucano na Câmara de Curitiba; veja o vídeo

O presidente da Câmara Municipal de vereadores de Curitiba, João Cláudio Derosso (PSDB), defendeu-se ontem (22) no Conselho de à‰tica da Casa.

A defesa apresentada pelo tucano é contra o relatório de autoria do vereador Jorge Yamawaki, também do PSDB, que sugeriu o afastamento de Derosso por 90 dias.

O presidente investigado alega que não teve direito à  ampla defesa e se diz inocente das acusações que pesam contra ele.

O presidente do Conselho de à‰tica, o vereador Francisco Garcez, igualmente do PSDB, que havia votado pela cassação do mandato de Derosso, defendeu o relatório.

O quiproquó existente entre os vereadores Derosso e Garcez também é motivado pela disputa da base eleitoral nos bairros Xaxim e Boqueirão, no Sul da capital.

O Conselho de à‰tica tem sete dias para analisar a contra-argumentação do presidente da Casa.

Com vídeo da RPCTV Curitiba.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. QUEM DÁ A RAZÃO DA CAUSA NÃO PODE SE BENEFICIAR DO PRÓPRIO ILÍCITO.
    O donodoosso nãoestá presidentíssimo há 14/15 anos? ele não é o comandante supremo da casa de leis? pois agora ele reclama de que permitiu errar no regimento interno da câmara e por isso ele não vale?Ora essa , é a piada do ano. MAIS UMA PROVA QUE ELE NÃO SERVE PARA PRESIDIR NADA, MAS SERVE AO PRESÍDIO PARA PAGAR PELOS FEITOS DE MAL VERSAÇÃO DO DINHEIRO PÚBLICO.