Presidente do Crea-SP é acusado de trocar viagem à  Suíça por votos

via Folha de S. Paulo

José Tadeu da Silva está em campanha pela presidência do Confea.

O presidente licenciado do Crea-SP (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de São Paulo), José Tadeu da Silva, é acusado de patrocinar viagem de 200 engenheiros à  Suíça, em troca de apoio à  sua candidatura a presidente do conselho federal da categoria, o Confea.

O grupo embarcou nesta semana para participar da Convenção Mundial dos Engenheiros, em Genebra. O encontro vai de 4 a 9 de setembro.

A acusação foi registrada no Ministério Público Federal, no Tribunal de Contas da União e na Controladoria Geral da União, pelo vice-presidente do Sindicato dos Engenheiros de São Paulo, Celso Atienza. O Confea e os Creas são autarquias federais.

O dirigente sindical também pediu à  comissão eleitoral do Confea a impugnação da candidatura, mas o pedido foi recusado por falta de provas.

Segundo Atienza, 33 convidados viajaram pelo Crea-SP, ao custo de R$ 414 mil; 79 foram a convite da Faeasp (Federação das Associações de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado de São Paulo) e 80 a convite da Febrae (Federação Brasileira das Associações de Engenheiros).

Silva é também presidente da Febrae e vice-presidente da Faeasp e está em licença para disputar a eleição.

Segundo Atienza, todas as viagens seriam, ao final, bancadas pelo Crea-SP, que repassa parte de sua receita à s associações de engenheiros filiadas à s instituições.

O presidente do Confea, Marcos Túlio de Melo, disse que soube do caso pela comissão eleitoral e que, se ela achar necessário, poderá pedir que a presidência o investigue.

A eleição no Confea (bem como nos 27 conselhos estaduais) ocorrerá no início de novembro.

A campanha nacional está polarizada entre Silva e o presidente licenciado do Crea do Paraná, àlvaro Cabrini.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O Plenário do Confea aprovou, por unanimidade, a candidatura de José Tadeu para presidir o Conselho. Os Conselheiros lamentaram a acusação do Sr. Atienza que foi demitido do CREA SP e como vingança fez a denúncia que foi rejeitada em todas as instâncias. O Confea também levou uma delegação grande para o evento internacional. Outros Creas também levaram. Então seria o caso de acusar a todos eles. É lamentável que um jornal como a Folha, que se diz imparcial, se preste a esse tipo de matéria. Uma vergonha. Nossa esperança é que Tadeu consiga vencer todos os poderosos do Sistema e fazer no Confea, as mudanças que fez no Crea de São Paulo que não tinha dinheiro nem pagar salário do pessoal, quando ele assumiu em 2006 e hoje está com um bom dinheiro em caixa.