Para reassumir cargo, prefeito de Campo Magro arromba porta da prefeitura

por Carlos Kiatkoski, via O Estado do Paraná

Pase acusou falta de dinheiro, documentos e chaves de carro. Foto: Márcio Borges.

Reviravolta na Prefeitura de Campo Magro, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Prefeito cassado, José Antônio Pase (PMN) reassume cargo após decisão judicial. Pase acusa a oposição de tentativa de golpe de Estado, uma vez que a assembléia extraordinária realizada no domingo não foi publicada no Diário Oficial.

O vice-prefeito Carlos Alberto de Oliveira Werneck tinha tomado posse do cargo na segunda-feira (5) com o novo gabinete, mas segundo Pase isso ocorreu sem autorização da justiça. Durante a invasão! promovida pela oposição na prefeitura do município, alguns documentos, além de computadores pessoais, dinheiro e chaves dos carros da prefeitura sumiram. Assessoria da prefeitura não soube informar ao certo quantos e nem quais documentos foram retirados da prefeitura sem autorização.

Para retomar os trabalhos Pase foi obrigado a arrombar a porta de seu gabinete, pois a fechadura também foi trocada durante o golpe. Segundo informações dos funcionários da prefeitura, aproximadamente 30 pessoas recolheram diversas caixas contendo processos licitatórios do município do período de 2009 a 2011. Estão tentando me prejudicar frente aos meus eleitores!, criticou Pase enquanto aguardava a abertura de seu gabinete.

Pase chegou a registrar um Boletim de Ocorrência (B.O) na delegacia de Campo Magro dando por falta da documentação necessária para o andamento dos trabalhos. Ninguém ligado a oposição foi encontrado para comentar a respeito do sumiço dos documentos e objetos do gabinete do prefeito.

O prefeito era acusado de superfaturamento em serviços terceirizados, dispensa de licitações, locação de imóveis e automóveis a preços acima do valor de mercado, entre outras supostas irregularidades.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. ACHO UMA POUCA VERGONHA ESSES VEREADORES NÃO TEM O QUE FAZER E FICAM TENTANDO CASSAR O PREFEITO ACHO QUE ELES PERDEM MUITO TEMPO FALANDO MAL DO PREFEITO E FAZEM O MESMO QUE ELE ESQUECEM DOS COMPROMISSOS ACHO QUE TERIA QUE SER DIVIDIDO EM QUANTO UNS FALAM MAL DO PREFEITO OS OUTROS DEVIAM TRABALHAR AGORA SE TODOS FICAREM PARADOS NUNCA VAI IR PRA FRENTE………………..
    E QUE VERGONHA JONAS IR NA TELEVISÃO CHAMAR O PREFEITO DE VIADO PRA QUE SE REBAIXAR TANTO?

  2. Enquanto a justiça não se entende, ora é cassado ora é absolvido, através de liminar, nós os proprietários de imóveis na zona rural estamos transitando por estradas totalmente esburacadas, onde somente tratoristas se sentem confortáveis.

  3. O tribunal de contas proibe expressamente que as prefeituras mantenham $$$$ na sede da prefeitura…é proibido receber qualquer quantia em $$$$$$….por isso os boletos de recebimentos…

  4. Tudo ” GENTE FINA ” , um cassado, invade, outro arromba … coitado do povo de Campo Magro em ficar com estas tralhas !!