Por Esmael Morais

Ministro do Esporte defende regra de licitação para a Copa

Publicado em 08/09/2011

Para ele, o RDC dificulta a transparência e o controle dos gastos do governo nas obras para os eventos.

“O Ministério Público tem suas competências e age da maneira como achar mais conveniente”, disse Silva.

No modelo, os governos deixam de divulgar o orçamento de obras antes das licitações. O argumento é que, na Copa e na Olimpíada, há obras emergenciais que precisam de um regime de licitação que agilize os contratos.