Grécia vive mais um dia de protestos liderados por funcionários públicos

da Agência Brasil

A Grécia vive hoje (29) mais um dia de protestos. Representantes de várias categorias profissionais, liderados por funcionários públicos gregos, fazem piquetes em frente aos ministérios em Atenas. Eles são contrários à s propostas do governo como privatizações e aumento de impostos. A manifestação é comandada pela Confederação dos Sindicatos de Funcionários Públicos.

As reações ocorrem no momento em que o governo da Grécia prepara um anúncio de um pacote de privatizações. O objetivo é buscar alternativas para o endividamento do país, que enfrenta pressões dos credores que cobram reformas estruturais. A dívida da Grécia está em torno de 350 bilhões de euros, segundo dados oficiais.

Para hoje está prevista a votação, no Parlamento da Alemanha, do projeto que amplia os poderes de um fundo europeu de resgate (cuja sigla em inglês é European Financial Stability Facility). Com a ampliação do fundo, será permitida a compra de títulos da dívida de países com altos déficits e de bancos com pouco capital.

Paralelamente a União Europeia examina um plano de recuperação para as economias em perigo e a Grécia é um dos focos. A previsão é que o projeto seja concluído em seis semanas. A proposta deve reunir estímulos via fundo europeu de resgate, fortalecimento dos bancos europeus expostos à s dívidas soberanas dos países e um possível calote parcial e controlado da Grécia.

Há dois dias, houve um intenso protesto em Atenas e nas principais cidades gregas. Em decorrência dos atos, o trânsito ficou caótico nas ruas de Atenas com longas filas de automóveis, pois funcionários do metrô e das companhias públicas de ônibus também estão em greve.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Que inveja deste povo que sai às ruas para cobrar seus direitos.
    Por aqui é pura covardia e omissão.
    A lei do Gerson: O negócio é levarrrr vantagem em tudo, cerrrto ?