Em protesto contra censura, oposição abandona depoimento na CPI da Pizza

* Imprensa e movimentos sociais não puderam acompanhar a reunião

Vereadores Paulo Salamuni e Pedro Paulo deixaram sessão da CPI da Pizza.

Os dois únicos vereadores de oposição — Pedro Paulo (PT) e Paulo Salamuni (PV) — abandonaram ontem à  noite a sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Câmara de Curitiba, em protesto contra a censura.

A CPI tomou depoimentos de servidores que integravam a comissão de licitação, em 2006, responsável pela homologação de contratos de publicidade que estão sendo investigados.

Os vereadores oposicionistas se retiraram da reunião depois que a comissão decidiu ouvir os servidores a portas fechadas, sem a presença da imprensa ou de representantes dos movimentos sociais.

A CPI da Pizza é controlada pela maioria simpática a João Cláudio Derosso (PSDB), presidente da Câmara, que é o investigado.

Comentários encerrados.