Em Curitiba, dentistas querem salário igual ao dos médicos

por Mariana Scoz, via Gazeta do Povo

Os cirurgiões-dentistas da rede municipal de Saúde de Curitiba fazem hoje nova assembleia para discutir o reajuste salarial proposto pela prefeitura. Em agosto, as Secretarias de Recur!­sos Humanos e Saúde ofereceram um aumento real de 21% !“ parcelado em dois anos !“, não aceito pela categoria. Os odontólogos pedem isonomia salarial em relação aos médicos. Segundo a prefeitura, uma proposta maior do que a apresentada não caberia no orçamento.

A reclamação dos cirurgiões-dentistas que atendem o município é de que os médicos, que faziam parte da mesma tabela, receberam um aumento de 100% neste ano. A odontóloga Gisele de Bortolli Rauli, que atende pela prefeitura e faz parte da comissão que discute o reajuste, acredita que os dentistas deveriam ter os salários igualados aos dos médicos, pela semelhança entre as profissões. Nós fomos excluídos da tabela da qual fazíamos parte há mais de 50 anos, mas também cuidamos da saúde da população!, afirma.

Segundo Gisele, dos mais de 600 dentistas da prefeitura, cerca de 200 participam ativamente da discussão, além do Conselho Regional de Odontologia, a As!­!­sociação Brasileira de Odon!­tologia, o Sindicato Brasileiro de Odontologia e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba.

Diferente

A superintendente da Secre!­taria de Recursos Humanos, Lia Nara Paludo, participou da última mesa de negociações e considera a situação dos médicos diferente. Tínhamos uma necessidade de reter os profissionais de medicina na rede. O aumento que foi dado era uma gratificação que eles já recebiam e que foi incorporada ao vencimento básico!, diz. Lia fala que a proposta da prefeitura era aceitável. A remuneração é bastante adequada e corresponde ao que o mercado está pagando. Para poder implementar esse aumento precisa haver uma fonte nova de recursos!, afirma.

Segundo Gisele, a assembleia de hoje define os rumos da negociação !“ inclusive uma data limite para renegociação, que a categoria quer fazer diretamente com o prefeito Luciano Ducci.

Comentários encerrados.