“Ducci e Derosso são faces de uma mesma moeda”, diz Fruet

* Gustavo Fruet reuniu ontem gregos e baianos

Anúncio de filiação foi marcado por simbolismos. Foto: Roberto Corradini.
A entrevista coletiva que Gustavo Fruet concedeu ontem à  tarde ao ar livre, em frente ao prédio histórico da UFPR, conseguiu atrair um público fixo de 500 pessoas e, segundo a PM, mais de 1,3 mil passaram pelo evento na Praça Santos Andrade.

O ingresso do ex-deputado federal no PDT despertou o interesse de antigos militantes partidários — de todas as correntes — que se acreditava que estavam aposentados. Gente do velho MDB, PT, PCdoB e do próprio PDT, que haviam sumido da cena política, reapareceram ontem à  tarde.

Centenas de pessoas acompanharam a coletiva. Foto: Roberto Corradini.
A pré-candidatura de Fruet reuniu ontem gregos e baianos na mesma barca em nome do projeto de conquistar a prefeitura de Curitiba em 2012.

O neo-brizolista deu a largada batendo pesado no prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato a reeleição, a quem acusa de ser um dos responsáveis pelos escândalos de corrupção na Câmara de Curitiba.

“Ducci e Derosso são faces de uma mesma moeda”, fuzilou Fruet, sem dó nem piedade, ao atribuir os malfeitos ao esgotamento do modelo do grupo que governa a capital há mais de 23 anos.

O vereador João Cláudio Derosso (PSDB), presidente da Câmara, é alvo de investigação de uma CPI por irregularidade em contratos de publicidade.

Comments are closed.