Correios: Dias parados dos grevistas serão descontados, diz Paulo Bernardo

da Agência Brasil

Ministro Paulo Bernardo.

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, determinou hoje (20) ao presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, que os dias parados sejam descontados rigorosamente! do salário dos grevistas. Greve é um direito, mas ninguém vai receber sem trabalhar!, disse o ministro.

Segundo Paulo Bernardo, entre 23% e 25% dos trabalhadores dos Correios estão parados. Estamos negociando. Mas estamos também mostrando para eles que não temos condição de dar o reajuste no nível que eles pedem. Têm casos em que estão pedindo 100% de reajuste. Queremos mostrar as possibilidades que temos. Estamos oferecendo aumento real acima da inflação!.

O ministro comentou o fato dos Correios ter o monopólio do serviço no país assegurado pela Constituição, e disse que isso não caracteriza um problema, mas dá uma responsabilidade grande! à  empresa.

Se só eu posso entregar a carta, não posso pegá-la e ficar com ela na gaveta ou no malote. Tenho que dar um jeito de entregá-la!, disse Paulo Bernardo, lembrando que os Correios fizeram mutirões no último final de semana para que parte das correspondências em atraso pudessem ser entregues a seus destinatários.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. tem muitos trabalhadores dos correios desmantelado. paguem melhor a rapasiada e moçada. eles teem filhos para educar e alimentar melhor. cade o senhor cut?

  2. ESTA MAIS QUE NA HORA DE DAR UM BASTA A ESTGE FUNCIONÁRIOS DOS CORREIOS, SÓ PENSAM EM GREVE TODO ANO DUAS OU MAIS, EMPRESA NENHUMA AGUENTA, E O CULPADO FOI O SR. LULA QUE SEMPRE DEU MORAL AS GREVES DELES AGORA TEM MESMO QUE ENDURECER E NÃO PAGAR DIAS PARADOS.

  3. 25% parado? Mentira! Os correios tão parando de 80 a 100% em alguns estados! Aqui no meu trampo ficamos sem malote!

    Não faz pouco dos carteiros não seu Ministro!

  4. Conta outra Paulinho… Esta não cola… Nunca vocês foram machos para fazer uma coisa destas. Nós pagamos a conta… De 2007 para cá, estes caras já entraram em greve pelo menos umas 5 vezes. Eles sabem que vocês (governo) são uns bananas.