Por Esmael Morais

Comissionados negam, mas fazem campanha pró-Ducci

Publicado em 09/09/2011

No discurso, porém, os líderes são todos contrários a qualquer relação de dependência com o poder público. Eu sou responsável por vistoriar as ruas que precisem de tapa-buraco, acompanhar pedidos. Tudo em relação a queixas que dependam da prefeitura!, conta Luiz Carlos Saragiotto, filiado ao PSDB, presidente da Associação de Mora!­dores Jardim Florianópolis (Ca!­!­juru) e agente público na Se!­!­cretaria de Governo Municipal. Sei o que a comunidade precisa e o que prefeitura pode contribuir!, justifica Jonas Lemes dos Santos, da Associação Co!­!­munitária Andorinhas e assessor da Administração regional da Boa Vista.

Para eles, ser funcionário pú!­!­blico não significa ser condescendente com os políticos. Você não tem ideia de como eu bato na prefeitura, se for necessário!, diz Neemias Portela, presidente da Associação de Mora!­dores da Vila Autódromo e gestor público da Secretaria de Re!­!­la!­!­ções com a Comunidade. A comunidade é a que mais ganha nessa relação, ela é mais bem atendida!, defende o presidente da União das Associações de Moradores da Cidade Industrial, Iranei Fer!­nandes, contratado como gestor público da Administração regional da CIC.