Com Gleisi na Casa Civil, ritmo de repasses federais ao Paraná aumenta neste ano

por Rosana Félix, via Gazeta do Povo

Gleisi, em solenidade ao lado do governador Beto Richa e da presidente Dilma Rousseff: aumento do ritmo de repasses para o estado coincide com a ascensão da paranaense para a Casa Civil: R$ 1,66 bilhão já pagos pela União neste ano. Foto: Albari Rosa/GP.

Apesar do contingenciamento de recursos da União neste ano, a execução de programas federais no Paraná está em ritmo mais acelerado do que na maioria dos outros estados. Considerando as ações patrocinadas com dinheiro destinado tanto pelo governo federal como pela bancada parlamentar !“ repasses previstos inicialmente pelo Planalto no projeto de lei do orçamento e que receberam emendas no Congresso !“, o valor pago entre janeiro e agosto já representa 88% de tudo o que o Paraná recebeu em 2010 da União. A média nacional é de 62%.

O desempenho pode ser atribuído a um conjunto de fatores, dentre os quais a ascensão da senadora Gleisi Hoffmann à  Casa Civil !“ o ministério mais importante do governo federal. Mas o peso de Gleisi na destinação de recursos federais para o estado não é unanimidade entre as fontes consultadas pela Gazeta do Povo, que ponderam que uma parte importante do dinheiro é executada independentemente da vontade política.

2!º no ranking

Para a execução de programas no Paraná que têm o patrocínio tanto da União como do Congresso, as chamadas ações funcionais!, o governo federal já pagou R$ 1,66 bilhão neste ano. Em todo o ano passado, foi quitado R$ 1,89 bilhão. Esses são valores efetivamente pagos !“ isto é, já passaram pela fase de empenho e liquidação. Comparando com os outros estados, o resultado do Paraná só não foi melhor do que o do Maranhão, cuja execução atingiu 89% de tudo o que havia sido pago em 2010. Os repasses totais da União para o Paraná neste ano são de R$ 2,5 bilhões !“ incluídos o custeio da máquina pública, salários e aposentadorias de servidores.

Os números chamam a atenção em um cenário de corte de gastos e de bloqueio das emendas parlamentares puras! !“ aquelas individuais, definidas exclusivamente pelos deputados e senadores e sem relação direta com projetos do Planalto. Essas andam em ritmo reduzido em todo o Brasil e têm gerado rebeliões na base governista. As emendas de bancada também foram freadas pela presidente Dilma Rousseff.

Estratégia

O coordenador da bancada paranaense no Congresso, o deputado Fernando Giacobo (PR), diz que os números são fruto de um trabalho conjunto dos parlamentares e dos governos federal e estadual. Estamos fazendo um trabalho mais técnico do que político. Em vez de trabalhar em cima de emendas que dificilmente iriam sair, buscamos aquelas que têm execução mais viável, principalmente as de saúde e educação!, afirma.

Além disso, diz Giacobo, a posse de Gleisi na Casa Civil foi favorável ao Paraná. A ajuda de Gleisi é fundamental. A força dela no Planalto é muito grande. Con!­versamos bastante e envio ofícios comunicando as ações prioritárias para o Paraná!, afirma o deputado. Segundo ele, também estão sendo feitas reuniões com o governo estadual para definir as prioridades e contrapartidas das ações federais. Não adianta colocar algo no orçamento federal se não tiver nada previsto no orçamento do estado.!

Mas o deputado federal Alex Canziani (PTB-PR), que comandou a bancada até fevereiro deste ano, avalia que a execução está seguindo um fluxo normal. Acho que a presença de Gleisi ainda não causou grande impacto. Não percebi favorecimento [ao Paraná].!

De acordo com o secretário-chefe do escritório do governo do Paraná em Brasília, Alceni Guerra, é hora de os paranaenses aproveitarem. A presença de qualquer ministro em qualquer área é significativa. E agora temos três dos mais importantes do Planalto: Gleisi, Paulo Bernardo [ministro das Telecomunicações] e Gilberto Carvalho [ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência].! Gleisi foi procurada para comentar sobre a execução de obras para o Paraná, mas não retornou o pedido de entrevista.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. se prepara Beto, porque em 2014 ela tá ai.

  2. A gleisi tem sido uma referencia do Paraná em bsb sem duvida nenhuma, por ser uma política com grande conhecimento de orçamento ela sabe onde pode trabalhar, mas acho que não só o Paraná esta sendo atendido mas o Brasil esta sentindo a evolução nas políticas publicas e nos cuidados que a administradora gleisi esta tomando com o país como um todo. Mais deque o Paraná o Brasil esta ganhando com esta paranaense na casa civil.