Chame a polícia! Nem a PM escapa das privatizações de Beto Richa

Governo estuda terceirizar o 190

por Thiago Machado, via jornal Metro/Curitiba

A histórica Polícia Militar corre o risco com as privatizações tucanas.
O comandante-geral da PM, coronel Marcos Teodoro Scheremeta, disse ontem que está preparando um projeto que tira policiais militares do atendimento ao 190, colocando em seu lugar funcionários terceirizados.

Por que uma função não estratégica, como o primeiro atendente, o suporte técnico ou a pessoa que cuida do no-break não pode ser um contratado? Hoje a polícia não pode contratar!, questiona o comandante.

Scheremeta diz que já está conversando com várias empresas e que pretende que o projeto esteja pronto, para ser apresentado ao secretário estadual de Segurança Pública no começo do ano que vem.

Estamos conhecendo muito e ouvindo mais ainda. Para a Copa, um sistema digital vai ter que estar pronto!, afirma.

De acordo com o comandante, os atendentes seriam supervisionados por policiais. Outra vantagem seria que os PMs, hoje no telefone, poderiam assumir postos nas ruas.

Seria um redirecionamento para outras funções. O número de atendentes hoje é muito grande!, diz.

Um possível contrato, além do atendimento no 190, pode servir também para gerenciamento de bancos de dados, acesso on-line a informações sobre os suspeitos.

Hoje nosso sistema é analógico!, conta.

Comments are closed.