Chame a polícia! Nem a PM escapa das privatizações de Beto Richa

Governo estuda terceirizar o 190

por Thiago Machado, via jornal Metro/Curitiba

A histórica Polícia Militar corre o risco com as privatizações tucanas.

O comandante-geral da PM, coronel Marcos Teodoro Scheremeta, disse ontem que está preparando um projeto que tira policiais militares do atendimento ao 190, colocando em seu lugar funcionários terceirizados.

Por que uma função não estratégica, como o primeiro atendente, o suporte técnico ou a pessoa que cuida do no-break não pode ser um contratado? Hoje a polícia não pode contratar!, questiona o comandante.

Scheremeta diz que já está conversando com várias empresas e que pretende que o projeto esteja pronto, para ser apresentado ao secretário estadual de Segurança Pública no começo do ano que vem.

Estamos conhecendo muito e ouvindo mais ainda. Para a Copa, um sistema digital vai ter que estar pronto!, afirma.

De acordo com o comandante, os atendentes seriam supervisionados por policiais. Outra vantagem seria que os PMs, hoje no telefone, poderiam assumir postos nas ruas.

Seria um redirecionamento para outras funções. O número de atendentes hoje é muito grande!, diz.

Um possível contrato, além do atendimento no 190, pode servir também para gerenciamento de bancos de dados, acesso on-line a informações sobre os suspeitos.

Hoje nosso sistema é analógico!, conta.

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Quantos amigos participarão do “esquema” ? Ele adora privatização e terceirização. Além das licitações, é óbvio.
    Augusto Moreira, será que é a ICI que vai tocar o “negócio” ou eles vão privatizar a Celepar ? O KNOW HOW está agora nesta Cia. Certo ? Beto coloca cada monkey no seu galho.

  2. Do ponto de vista de uma ação do ESTADO é um absurdo. A própria mídia divulga exaustivamente o número de salvamentos que um atendente do 190 é capaz de realizar. Já imagine esse atendimento feito por terceirizados. Isso é a falência do Estado, talvez uma forma do governo alocar $ em outro lugar, que certamente NÃO É em políticas públicas efetivas. Se o Richa quer mais policiais na rua, deveria tirar o privilégio dos OFICIAIS DA PM que tem um PRAÇA (soldado, cabo ou sargento) dirigindo viatura para esses “belezas” que não podem suar suas frágeis e caras mãos para conduzir uma viatura. Chega-se ao absurdo de ter o deslocamento de um policial de outros quartéis em uma viatura para levar um oficial, no QG, por exemplo, para resolver por vezes questões pessoais. Se o OFICIAL, quer ir ele que dirija! PAREM, com esse sistema calcado na hierarquia, mas que gera desigualdades que hoje não cabem em nossa sociedade. Até porque, eu questiono porque um comandante de unidade tem que ter uma viatura disponível para ele com um motorista???????

    Richa desmonstará o Estado paranaense, esse é só o começo da visão tucana de diminuir custos em serviços essenciais.

  3. Deu no Blog do Johnny de Ponta Grossa:

    À “˜REBOQUE”™ DO DEM

    O governador Beto Richa “˜jogou a tolha”™ ao falar sobre aliança e colocou o PSDB local à “˜reboque”™ do DEM, do deputado estadual Plauto Miró Guimarães Filho (DEM), que está animadíssimo para sair candidato a prefeito. Mesmo provocado, Beto não comentou sobre a filiação do reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), João Carlos Gomes, quem dirá do secretário municipal de Obras, Celso Sant”™Ana, que alimentam o sonho de sair candidato, mas contentam-se como vice. Explica-se: à “˜reboque”™ do DEM porque uma aliança entre o PSDB e o PPS do deputado estadual Marcelo Rangel não é sequer cogitada.

    BETO FALA EM ALIANÇA

    Sobre a sucessão municipal, Beto disse ao Blog do Johnny que ainda é cedo para falar em candidatura. “O importante é fortalecer o partido e ter candidatos em condições de disputa. Se não tiver candidatos com viabilidade, existe a possibilidade de alianças com vários partidos que compõe a parceria com o PSDB da eleição anterior e de outras eleições”, afirmou o governador e presidente estadual do PSDB.

    “SAIA JUSTA”

    Beto disse ainda que o diretório municipal do PSDB “tem autonomia para fazer esta escolha”. Questionado sobre quem estaria mais bem preparado para ser o próximo prefeito de Ponta Grossa, relacionando os nomes dos deputados estaduais Plauto Miró Guimarães Filho (DEM) e Marcelo Rangel, o governador disse que a pergunta estava lhe colocando em uma “saia justa”, declarando que ambos são “grandes candidatos”. Ouça: http://www.blogdojohnny.com.br/?p=7352

  4. Olha o I.C.I estendendo seus tentaculos. As fatias deste bolo começam a ser distribuidas e dentro de pouco tempo os convidados desta festa estarão lambuzados tal qual a mais extravagante sessão pastelão. Vai sobrar torta para ser arremessada e saciar os chocolatras de plantão.

  5. Eles falam em digital pra ser moderno; não tem diferença um telefone digital de um analógico, se a finalidade é falar…

    Aí, colocam funcionários terceirizados ganhando mixaria, com um empresário por trás ganhando muita grana; esses empregados não vão ter compromisso nenhum com o sigilo, podendo até marginais, traficantes, assaltantes, enfim, foras da lei, colocarem gente gente lá dentro para saber das ações da polícia…

    Meu Deus, quanta falta de competência!!!

  6. Lugar de Policía é na rua mesmo. Parabéns pela iniciativa!

  7. Se o atendimento já não é dos melhores com policiais operando o sistema, imagine com atendentes de telemarketing…
    Será mais ou menos assim:
    – “Polícia Militar do Paraná bom dia em que posso ajudá-lo?”
    – “Quero registrar uma ocorrência de assalto.”
    – “Pois não senhor. Preciso estar confirmando algumas informações antes de registar a ocorrência. O Sr. pode estar confirmando o número do seu RG, CPF e endereço completo por favor?”
    – “Na verdade só posso confirmar o endereço pois acabei de ser assaltado e levaram meus documentos…”
    – “Senhor, infelizmente não posso estar dando sequência ao atendimento sem a confirmação dos números do RG e CPF.”
    – “Pois é moça, mas os marginais que me assaltaram já estão assaltando outra pessoa. Seria possível mandar uma viatura aqui na praça Tiradentes em frente a catedral. Na verdade estão fazendo um arrastão…”
    – “Senhor, só posso estar registrando uma ocorrência por solicitante e sem o RG e CPF não tenho como…”
    – “PQP moça!!! os caras estão barbarizando as pessoas aqui na praça e não tem como passar um rádio ou telefonema pra uma viatura próxima?”
    – “Senhor, tututututututu… (caiu a ligação)………

  8. Boa iniciativa, partindo da premissa de que lugar de polícial é na rua. A supervisão continuaria com um Oficial. Parabéns ao Governo.