Câmara de Curitiba pagou R$ 1,2 milhão à  empresa ligada a sobrinho de Derosso

Deputado Dr. Rosinha (PT).
Segundo o deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR), o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador João Cláudio Derosso (PSDB), assinou dois contratos com uma empresa de terceirização de mão-de-obra ligada ao sobrinho dele, João Henrique Derosso Chu.

Trata-se da empresa Parceria Serviços Patrimoniais Ltda, única concorrente em duas licitações da Câmara de Curitiba que disputou” e venceu, ambas realizadas em 2004, na modalidade carta-convite.

O primeiro contrato, entre a Câmara de Curitiba e a Parceria Serviços Patrimoniais, assinado em fevereiro de 2004 tinha como objeto a prestação de serviços de oito recepcionistas, que atuariam nas duas portarias do Legislativo. O valor inicial da licitação era de R$ 99,9 mil e o prazo, de um ano.

Após oito aditivos, os pagamentos desse contrato à  empresa Parceria chegaram a R$ 578,7 mil, e os serviços foram prorrogados até agosto de 2008.

O segundo contrato previa a disponibilização de cinco copeiras, quatro garagistas e um garçom. Assinado em abril de 2004, também tinha duração de doze meses. Após sete aditivos, o valor original, que era de R$ 114,8 mil, passou para R$ 599,4 mil pagos à  Parceria. Os serviços foram prorrogados até abril de 2009.

Entre os anos de 2004 e 2009, a Parceria Serviços Patrimoniais recebeu R$ 1,2 milhão dos cofres do Legislativo municipal.

Comments are closed.