26 de setembro de 2011
por esmael
1 Comentário

Brasil tem 11,6 milhões de assinantes de TV paga

via Agência Brasil

O número de assinantes do serviço de TV por assinatura cresceu 19% nos primeiros oito meses do ano, com 1,9 milhão de novos domicílios atendidos. No total, o Brasil chegou a agosto de 2011 com 11,6 milhões de assinantes.

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), foram 334,6 mil novos assinantes em agosto, o que representa uma evolução de 2,96% em relação à  base de assinantes do mês de julho. Considerando o número médio de pessoas por domicílio divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que é 3,3 pessoas, os serviços de TV por assinatura alcançaram mais de 38,3 milhões de brasileiros.

Em agosto, os serviços prestados via satélite cresceram 5% e já representam 52% da base de assinantes, contra 45,7% do serviço a cabo. Em dezembro de 2010, os serviços via satélite representavam 45,8% do mercado nacional e os serviços prestados via cabo tinham 51% de participação.

26 de setembro de 2011
por esmael
2 Comentários

Veja o cartaz da manifestação de quarta contra Derosso

Clique na imagem para ampliar.

Nesta quarta-feira, dia 28, a partir das 9 horas, na Praça Santos Andrade (UFPR), partidos políticos e movimentos sociais realizam a primeira manifestação de rua pela cassação do vereador João Cláudio Derosso (PSDB), presidente da Câmara Municipal de Curitiba, acusado de cometer irregularidades na contratação de empresas de publicidade. Leia mais

26 de setembro de 2011
por esmael
1 Comentário

Mais de 170 mil eleitores podem ter o título cancelado em Curitiba

via O Estado do Paraná

Mais de 170 mil eleitores curitibanos correm o risco de terem seus títulos cancelados. São os nascidos entre os meses de janeiro e março que ainda não fizeram seu recadastramento biométrico. Até o final do plantão de ontem, 172.378 eleitores estavam nesta situação. Eles têm pouco mais de um mês para regularizar sua situação antes de terem o título cancelado, em 31 de outubro. Leia mais

26 de setembro de 2011
por esmael
1 Comentário

Governo Richa errou ao extinguir Secretaria da Criança e da Juventude, diz reportagem da Gazeta do Povo

Cinco adolescentes que estavam internados em centros ressocialização, sob a custódia do Estado, morreram nos últimos quatro meses no Paraná. A informação foi publicada pelo jornal Gazeta do Povo.

As mortes coincidem com a extinção pelo governo Beto Richa, do PSDB, da Secretaria da Criança e da Juventude, apesar das manifestações contrárias de organismos como o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O governo estadual afirma que os casos estão sob investigação e que ainda não sabe explicar as razões das mortes.

Segundo com o promotor de Justiça Murilo Digiácomo, do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça da Infância do Ministério Público do Paraná, a raiz do problema com os adolescentes está na extinção da Secretaria da Criança e da Juventude. Para ele, o caso é tão grave que o próprio governador deveria se manifestar a respeito.

De acordo com a reportagem, o promotor disse que o governo deveria reconhecer o equívoco e recriar a secretaria ou um departamento que dê melhor atenção à  criança e ao adolescente.

Queremos ajudá-lo a perceber que errou e reflitir a respeito, uma reflexão que a sociedade já havia feito ao se manifestar contra a extinção da secretaria!, afirmou.

Segundo Digiácomo, se não houver mudanças, a tendência é a repetição de novas tragédias nos educandários do Paraná.

A Secretaria da Criança e da Juventude foi extinta em junho e deu dar lugar à  supersecretaria da Família e Desenvolvimento Social, comandada pela esposa do governa

26 de setembro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Sem registro, PSD gera insegurança a políticos

Sem registro, PSD gera insegurança a políticos

via Agência Estado

O adiamento da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o registro do PSD aumentou a pressão de prefeitos e vereadores em cima dos idealizadores do partido. Como buscarão novos mandatos em 2012, são eles os maiores prejudicados se a nova legenda não conseguir o registro até o dia 7. O TSE deve retomar o debate amanhã, mas a possibilidade de novos adiamentos tem provocado instabilidade na base do partido idealizado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

O senador Sérgio Petecão (AC) definiu o trabalho como de “apagar incêndio”. Oposição ao governo do PT no Estado, ele conseguiu a adesão de três deputados estaduais e diversos vereadores, mas a insegurança sobre 2012 pode provocar baixas.

“Estamos numa ansiedade grande. Estou apagando incêndio, tentando acalmar todo mundo.”

26 de setembro de 2011
por esmael
2 Comentários

De olho na Câmara, Milton Alves escreve sobre Curitiba

O ex-presidente estadual do PCdoB, Milton Alves, está animado para disputar uma cadeira na Câmara Municipal de Curitiba. Contumaz colaborador deste blog, o moço vem se dedicando a estudos sobre a capital de todos os paranaenses. Neste artigo, Milton fala sobre a especulação imobiliária no centro histórico. Confira:

Bairro São Francisco: entre a especulação e a preservação

por Milton Alves*

O São Francisco é o mais antigo bairro da cidade. Foi a nucleação inicial de Curitiba e até hoje no bairro está localizado grande parte do setor histórico. Seu nome está estritamente ligado a historia da igreja da ordem terceira de São Francisco das Chagas.

Seu primeiro nome foi: Pátio de Nossa Senhora do Terço. Em 1752, com a transferência da igreja ao religiosos Franciscanos passou a se chamar de Pátio de São Francisco das Chagas. Em 1860, seu nome mudou para Largo da Ordem Terceira de São Francisco. O próprio tempo e a tradição popular encurtaram o nome do bairro. No inicio do século XX foram elaborados os primeiros mapas, com divisão de bairros em Curitiba, e já indicavam a região com o nome de São Francisco.

Encravado na área central de Curitiba, o São Francisco, como todo bairro cêntrico, vive os altos e baixos dos fenômenos urbanos das grandes cidades, oscilando entre fases de valorização e fases de desprestígio. No entanto, nos anos recentes, todos os bairros da área central atravessam um período de valorização continuada, o que acentua a pressão organizada de incorporadoras, empresas do ramo da construção civil e de projetos e empreendimentos imobiliários !“ vários em curso na região. Os preços dos imóveis e dos terrenos alcançaram uma valorização de mais 150%.

O São Francisco é diversificado e com múltiplas vocações. Reune o sítio histórico fundamental de Curitiba. Além disso, turismo, gastronomia, atividades e espaços culturais pontificam na cena do bairro. Um comércio amplo e variado, na maioria de pequeno e médio porte, alguns estabelecimentos são centenários, também são componentes da paisagem do bairro. Ou seja, interesses

26 de setembro de 2011
por admin
4 Comentários

Em artigo, presidenta da APP diz que escola está despreparada para ensino em tempo integral

Por que somos contra os 220 dias letivos

por Marlei Fernandes de Carvalho *

A proposta que está em discussão do aumento de 200 dias letivos para 220 está na contramão da história. Ou, como já disse em relação ao PLS 388/2007, que prevê o aumento da carga anual de 800 para 960 horas dentro dos 200 dias letivos, é um desencontro histórico.

A proposta está completamente na contramão da construção coletiva da Conferência Nacional de Educação (Conae) e do Plano Nacional de Educação. O que debatemos com mais de um milhão de profissionais da educação básica e superior, pais e mães, estudantes e representantes de organizações sociais, além das três esferas dos governos foi a necessidade de ampliação da educação no país através da implementação da Escola de Tempo Integral.

Cabe ressaltar que não somos contra o aumento do tempo dos alunos na escola. O que está descolado da proposta é a resposta simples para um problema tão complexo. Não é possível uma proposta que “simplesmente” aumente os dias letivos e com isso – pronto – está resolvido o problema da qualidade, da permanência e da conclusão.

O problema é que a proposta não traz os outros condicionantes para uma nova proposta, também debatidos na Conae.

Temos ainda no Brasil uma condição bastante precária de trabalho: salas superlotadas, poucos equipamentos para o trabalho pedagógico. A maioria das escolas da educação básica conta apenas com a professora, o quadro e o giz. O livro didático também ganhou espaço (com milionária compra por parte do governo), mas com utilização “quase exclusiva” enquanto material didático. Escolas sem energia, completamente abatidas em suas estruturas. O Piso Salarial Nacional não é pago na maioria do país. Professores sem licenciatura. Formação continuada quase inexistente pelas redes de ensino. Vivenciamos um abandono de carreira.

26 de setembro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Dilma: força do Brasil é cada vez mais respeitada no exterior

Dilma: força do Brasil é cada vez mais respeitada no exterior

via Agência Brasil

Ao comentar sua participação na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), a presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira que a força do Brasil é cada vez mais respeitada no exterior.

“O Brasil está mostrando ao mundo que é possível fazer a economia crescer e, ao mesmo tempo, fazer com que as pessoas melhorem de vida. Foi assim que conseguimos driblar a crise econômica mundial em 2008 e é assim que estamos nos preparando para evitar impactos maiores da crise atual sobre o Brasil e sua economia”, disse. “Voltei muito animada da Assembleia da ONU”, destacou.

No programa semanal “Café com a Presidenta”, ela lembrou que a posição defendida pelo país, na semana passada, durante o encontro em Nova York é que a saída para a crise econômica mundial seja discutida por todos os países, de forma conjunta.

“à‰ claro que os países desenvolvidos têm uma responsabilidade muito maior, porque foi lá que a crise começou. Mas todos os outros países sofrem as consequências de alguma forma, ainda que indireta. Então, todos devem ter o direito de participar das soluções”, ressaltou.

26 de setembro de 2011
por esmael
1 Comentário

Mensalão na Assembleia tucana de São Paulo

Relatos reforçam esquema de emendas na Assembleia de SP

da Agência Estado

Dois deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo citam episódios que reforçam a acusação do deputado Roque Barbiere (PTB) de que há colegas que vendem emendas parlamentares. Os fatos foram vividos e relatados pelo deputado licenciado e secretário de Meio Ambiente, Bruno Covas (PSDB), e pelo deputado Major Olímpio (PDT). O primeiro é governista; o segundo, de oposição.

Em entrevista ao Estado, há cerca de um mês, Bruno Covas mencionou oferta de propina que lhe fizeram pela liberação de uma emenda. O secretário falava sobre corrupção na máquina pública quando abordou a questão. Indagado sobre os mecanismos que poderiam coibir desvios, disse que dar “exemplo” era a melhor coisa. “à‰ o primeiro “não” que segura os avanços e solicitações. E, depois, ninguém mais faz nenhum tipo de proposta.”, declarou, durante a entrevista.

26 de setembro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Centenas protestam contra Vladimir Putin em Moscou

Centenas protestam contra Vladimir Putin em Moscou

via Agência Estado

Vladimir Putin.

Cerca de 300 manifestantes de oposição na Rússia se reuniram na região central de Moscou para demonstrar insatisfação com a decisão do primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, de disputar novamente a presidência no ano que vem. Putin já foi presidente de 2000 a 2008. Leia mais

26 de setembro de 2011
por esmael
Comentários desativados em Fruet na reta final para definir destino partidário

Fruet na reta final para definir destino partidário

por Ivan Santos, via Bem Paraná

O ex-deputado federal Gustavo Fruet (sem partido) deve desfazer nesta semana o mistério sobre qual legenda escolheu para disputar a prefeitura de Curitiba em 2012. O mais provável é que Fruet – que deixou o PSDB em julho por falta de espaço para sua candidatura à  sucessão na Capital – confirme a filiação no PDT do ex-senador Osmar Dias. O prazo para a filiação partidária de quem pretende disputar as eleições do ano que vem termina no próximo dia 7.

Desde que deixou o ninho tucano, o ex-deputado vem negociando com vários partidos, não só para definir a legenda pela qual tentará a prefeitura, mas também para desenhar o embrião de um arco de alianças que sustentaria essa candidatura. Nesse processo, além do PDT, conversou com partidos como o PV, PCdoB, PSC e setores do PT e do PMDB.

No PT, a aproximação com a candidatura de Fruet vem sendo defendida publicamente por figuras de proa do partido, como o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo e o secretário nacional de Comunicação, deputado federal André Vargas, que veem no ex-deputado um trunfo para reforçar o projeto de candidatura ao governo da ministra chefe da Casa Civil, Glesi Hoffmann para 2014. A avaliação do grupo é que os nomes cotados até aqui dentro do partido para a disputa pela prefeitura, os deputados federais à‚ngelo Vanhoni e Dr Rosinha, e o deputado estadual Tadeu Veneri, teriam poucas chances de enfrentar as máquinas dos governos estadual e municipal, capitaneadas pelo PSDB, que devem sustentar a candidatura à  reeleição do atual prefeito, Luciano Ducci (PSB).

As conversas com o PT, porém, não significam que os partidos que compõem a base do governo Dilma Rousseff se juntem já no primeiro turno em uma candidatura única