6 de setembro de 2011
por Esmael Morais
2 Comentários

Oposição briga pela presidência ou relatoria da “CPI do Derosso”

Vereadores Paulo Salamuni e Pedro Paulo reivindicam cargo na CPI.

A bancada de oposição na Câmara Municipal diz que conseguiu atingir o principal objetivo da semana: instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar a gestão do vereador João Cláudio Derosso (PSDB), acusado de cometer irregularidades em contratos de publicidade. ... 

Leia mais

6 de setembro de 2011
por Esmael Morais
1 Comentário

CPI do Derosso será instalada na segunda-feira

Gestão do tucano João Cláudio Derosso (PSDB) na Câmara está sob suspeita.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará a gestão do tucano João Cláudio Derosso será instalada na segunda-feira, dia 12, à s 13 horas. ... 

Leia mais

6 de setembro de 2011
por Esmael Morais
Comentários desativados em TV Globo perde 13% de audiência nas manhãs

TV Globo perde 13% de audiência nas manhãs

via Portal Vermelho

Nos primeiros oito meses deste ano, na comparação com 2010, a Globo perdeu 13% de seu Ibope entre 7h e 12h, no Brasil. Os dados, obtidos com exclusividade, integram o chamado PNT (Painel Nacional de Televisão).

Nessa faixa horária, a Globo caiu de 9,5 pontos para 8,2. à€ tarde também houve queda de 10%: de 17,5 para 15,7 pontos. Das 7h à  0h, a Globo perdeu 5% de Ibope, caindo de 18,8 pontos no ano passado contra 17,9 neste.

Apesar da concorrência em ascensão, a Globo ainda tem bastante “chão” de distância das demais. A Record manteve os mesmos 7,1 pontos do ano passado, e o SBT também ficou estável em 5,6 pontos. Band teve uma oscilação negativa, passando de 2,3 pontos para 2,1 (-7%). RedeTV! continuou no 1,1 ponto.

Na medição nacional (PNT), cada ponto equivale a cerca de 185 mil domicílios ou 577 mil pessoas. Leia mais

6 de setembro de 2011
por Esmael Morais
6 Comentários

Comissão de inquérito do caso Derosso é nomeada

por Fernanda Trisotto, via Gazeta do Povo

O Conselho de à‰tica da Câmara de Curitiba nomeou, na manhã desta terça-feira (6), os vereadores que vão formar a comissão de inquérito que dará continuidade ao pedido de afastamento de João Cláudio Derosso (PSDB), presidente da Casa que é acusado de irregularidades em sua gestão. A comissão vai preparar uma resolução sobre o caso, que será remetida ao plenário para apreciação. O relatório deve ficar pronto em, no mínimo, 15 dias.

Os vereadores que vão formar a comissão são Noêmia Rocha (PMDB), Pastor Valdemir Soares (PRB) e Zezinho do Sabará (PSB). A partir de agora, Derosso terá sete dias para apresentar sua defesa. Depois disso, os vereadores terão um prazo indefinido para novas apurações e, quando estas terminarem, eles têm mais sete dias para concluir a resolução.

A comissão não tem o poder de alterar a punição já votada anteriormente. Ela pode apenas definir se cabe ou não a punição proposta. Como todos os vereadores do Conselho já se manifestaram por punir Derosso de alguma forma, é improvável que o afastamento seja derrubado na comissão !“ embora o plenário possa reverter esse entendimento.

Denúncia Leia mais

6 de setembro de 2011
por Esmael Morais
5 Comentários

OAB entra com ação no Supremo para impedir doações de empresas em campanhas eleitorais

da Agência Brasil

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou ontem (5) com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para barrar doações de empresas em campanhas eleitorais. A ação pede que a Corte declare inconstitucionais trechos da legislação eleitoral que permitem que empresas doem até 2% de seu faturamento bruto do ano anterior ao das eleições.

A entidade também quer que haja limites para doações de pessoas físicas !“ que hoje é definido em 10% !“ e também para aportes do candidato para sua própria campanha, que hoje não tem qualquer limite.

Para a OAB, existe uma mistura tóxica! entre eleições e poder econômico, que aumenta a influência dos mais ricos sobre os resultados e, consequentemente, sobre a atuação do próprio Estado. Por outro lado, prejudica a capacidade de sucesso eleitoral dos candidatos que não possuem patrimônio expressivo!, diz a entidade em determinado trecho da ação. A OAB chama de perniciosos! os vínculos entre doadores de campanha e os políticos eleitos. Leia mais

6 de setembro de 2011
por Esmael Morais
2 Comentários

De olho na eleição de 2012, Fruet quer aliança entre PDT e PV

por Sandro Moser, via Gazeta do Povo

Conciliar a estrutura do PDT com a agenda positiva do PV. Pela primeira vez o ex-deputado Gustavo Fruet (sem partido) admitiu qual seria a aliança ideal em seu projeto de candidatura à  prefeitura de Curitiba em 2012. Trabalho por uma estratégia comum até a definição das convenções dos partidos no ano que vem!, disse. Para Fruet, há na cidade um sentimento de mudança (no comando da prefeitura) e a união entre o discurso moderno do PV com a base partidária do PDT seria a mais viável para promovê-la.

A aproximação do ex-deputado com o PDT se intensificou nos últimos dias após longas reuniões com o ex-senador Osmar Dias, líder da sigla, a ponto de sua filiação ser dada como certa por políticos ligados a cúpula do partido. Por outro lado, Fruet se disse emocionado! com as manifestações de apoio do PV, que promoveu uma campanha pelas redes sociais na internet para tentar atraí-lo para a legenda. Por en!­!­quanto, a tendência é que Fruet filie-se ao PDT e seja apoiado pelo PV. Há espaço para isso. Se pode dar certo, só saberemos no ano que vem!, projeta.

Fruet afirmou ainda que não tem conversa marcada com o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, que visita Curitiba sexta-feira, contrariando a expectativa de que anunciaria oficialmente seu in!­!­gresso no PDT. Lupi é o presidente nacional do partido.

O ex-deputado garantiu que não irá basear sua decisão em tempo de televisão no horário eleitoral gratuito. Curitiba tem uma estrutura social que possibilita o diálogo além dos meios tradicionais!, acredita.

Para poder concorrer em 2012, Fruet precisa se filiar a um partido até o próximo dia 7 de outubro. O ex-tucano dá mostras de que vai usar o tempo até o limite. Estou dentro do prazo até para evitar aa reações contrárias, que não são poucas!, disse.

Dois turnos

Enquanto não define seu futuro, Fruet trabalha com o cenár Leia mais